Ad Code

Fátima Bernardes, Patrícia Poeta e Manoel Soares: uma passagem de bastão regada de emoção

Divulgação Globo/Fábio Rocha

Em uma edição marcada pela emoção, com os olhos brilhando e com o coração aquecido de tanto carinho, Fátima Bernardes se despediu do seu 'Encontro' com o público das manhãs da Globo. Nesta sexta-feira, dia 1º de julho, a apresentadora, que esteve à frente do matinal nos últimos 10 anos, passou o bastão para sua sucessora Patrícia Poeta, que passa a comandar a atração diretamente de São Paulo, a partir de segunda-feira, dia 4 de julho, ao lado de Manoel Soares. Além da mudança de cidade, o programa passa a ser exibido mais cedo, logo após o ‘Bom Dia Brasil’, repercutindo as principais notícias do dia com matérias, bate-papos e convidados, além das atrações musicais. 
 
Já na abertura do programa, Fátima foi às lágrimas ao ser recepcionada pela equipe de produção presente no palco. A edição especial contou com homenagens, relembrou os momentos marcantes da apresentadora ao longo desses 10 anos e teve Tony Ramos, Alexandra Richter e Ferrugem como convidados. Ao final, Fátima fez questão de ler algumas palavras que preparou para a despedida. “Nos últimos dez anos, eu estive nesse palco nos piores e nos melhores momentos da minha vida. E o trabalho, os amigos, a equipe e o público foram fundamentais para que tudo desse certo. Independentemente de qualquer coisa, não teve um dia sequer que eu não tenha dado aqui o meu melhor sorriso”, declarou, dizendo um “até breve” ao público, que, no segundo semestre a verá na apresentação do ‘The Voice Brasil’. A apresentadora encerrou a atração com sua marca registrada: dançando e celebrando com seu time e com os convidados do programa, embalada pela música ‘Encontros e Despedidas’.

Divulgação Globo/Fábio Rocha

Divulgação Globo/Fábio Rocha
 
Patrícia, Manoel e uma série de novidades 
 
A nova fase do programa que se inicia na segunda-feira vem acompanhada de novidades. No novo endereço, o programa terá um incremento na qualidade de imagem e fotografia, com câmeras de tecnologia mais avançada em relação às que são usadas atualmente. Além disso, a transmissão a partir da capital paulista vai permitir uma maior interação entre os apresentadores e a dupla Michelle Loreto e Valéria Almeida, que entrará com o quadro ‘Bem-Estar’ direto do palco da atração. A plateia será mais numerosa, com cerca de 80 pessoas, o maior número desde o começo da pandemia, e o quadro ‘Oi da plateia’ também virá reformulado: o programa exibirá um vídeo sobre a trajetória do convidado, para valorizar a história das pessoas que vão acompanhar a atração ao vivo. Outra novidade é a ‘nuvem de palavras’, que surgirá de cara nova. Com uma tecnologia tridimensional, os assuntos mais comentados do dia vão aparecer no telão com sensação de profundidade, como se estivessem “flutuando”.
 
O DNA do ‘Encontro’, dirigido por Alexandre Mattoso, se mantém, e o cenário contará com a mesma disposição e grande parte dos elementos que o caracterizam. O musical, que sempre foi marca registrada da atração, permanece, assim como as entradas de Tati Machado, o ‘Encontro com a Bola’, o ‘TBT’ e o ‘Encontro com as Letrinhas’, quadro de incentivo à leitura, idealizado pelas gêmeas Helena e Eduarda. Bráulio Bessa volta a emocionar com seus cordéis, e André Curvello passa a integrar o hub de repórteres dos programas matinais, que, além de atuar no ‘Encontro’, produz matérias para ‘Mais Você’ e ‘É de Casa’.
 
Nas entrevistas abaixo, Patrícia Poeta e Manoel Soares falam mais sobre a expectativa para a estreia. 
  
ENTREVISTA COM PATRÍCIA POETA 
 
Como você define o ‘Encontro’?  
Gosto muito dessa mistura de jornalismo com entretenimento. De informar e proporcionar leveza pro telespectador, ao mesmo tempo. E acho que o ‘Encontro’ tem essa mistura. A missão de ser útil e entreter. É uma boa combinação.
 
Em duas décadas de carreira na TV Globo, você vem acumulando experiências importantes e agora chega a um novo desafio que é comandar o ‘Encontro’. Você já apresentou o programa algumas vezes, mas o que o público pode esperar desse trabalho agora como titular?  
Acho que são situações bem diferentes. Quando você substitui alguém no programa, você procura ser o mais fiel possível àquela função e ao DNA desse programa que já existe. Quando você assume de vez, tem uma liberdade maior de ser mais você na essência e o programa, automaticamente, ganha mais a sua cara. O que é normal porque você está todo o dia ali criando, planejando as próximas atrações. É algo natural. Acho que é isso que o público pode esperar… 
 
Quais suas ideias para essa nova fase do ‘Encontro’? Algum projeto que queira colocar em prática no programa?  
Nossa, são tantos…Tenho várias ideias, mas vamos colocando em prática aos poucos. O que posso adiantar é que ideia não falta. Adoro criar e adoro me envolver com os bastidores também. Fiz isso em toda a minha carreira e pretendo seguir fazendo.
 
O programa passa a ser exibido após o ‘Bom Dia Brasil’ e entrega o horário para o ‘Mais Você’. Quais suas expectativas para essa estreia? 
Achei ótimo o novo horário. O ‘Encontro’ parte do telejornal e entrega pro programa da Ana que tem uma super expertise em culinária. Tudo a ver com a hora do almoço. A ideia é boa. E o ‘Encontro’ vai ser esse recheio com uma boa mistura de factual e entretenimento. Um pé lá e outro cá. Tudo junto e misturado, do jeito que a gente gosta. Agora, estreia sempre dá aquele friozinho na barriga, né?! Não posso negar (risos).
 
Como tem sido a recepção do público a essa novidade?  
Sou uma pessoa sortuda, viu? Desde que comecei minha carreira recebo direto o carinho do público. Isso é lindo de se ver. Não tem preço. Pra quem trabalha com comunicação, não há retorno melhor do que esse. Desde o anúncio, muita gente parabenizando e desejando boa sorte. Muita energia boa envolvida.  
 
Você e Fátima Bernardes têm trajetórias semelhantes. Você assumiu o ‘Jornal Nacional’ quando ela migrou para o entretenimento e, agora, você assume o ‘Encontro’. Que mensagem você deixa pra ela?
Verdade. Assim que soubemos das mudanças, comentamos exatamente isso: “olha, nossos caminhos se cruzando mais uma vez”. Adoro a Fátima. Tenho um carinho muito grande por ela e uma grande admiração também. Que ela siga o que seu coração manda e seja feliz nesse novo ciclo, como foi no ‘Encontro’. Da minha parte, pretendo cuidar com muito carinho do programa que ela criou há dez anos. 
 
Você e Manoel já dividiram a apresentação no ‘É de Casa’, no ‘Encontro’ algumas vezes e agora firmam essa parceria. Como você enxerga esse novo momento juntos?  
Estou bem animada. Fátima contou durante esses 10 anos com grandes parceiros, como o André Curvello, Lair Rennó e outros que estiveram com ela no palco. Poder contar com o Manoel vai ser muito bom também.  
 
ENTREVISTA COM MANOEL SOARES 
 
Você ingressou na Globo no Encontro, em 2016. Fale um pouco sobre sua trajetória e a sua relação com o programa. 
É uma relação de muito afeto, porque foi o programa pelo qual eu entrei na TV Globo – eu já era da RBS TV (afiliada Globo no Rio Grande do Sul). Eu tenho no ‘Encontro’ uma relação de casa; toda vez que eu me sento naquele sofá e coloco o microfone no rosto, a sensação é de família.  
 
Como você define o ‘Encontro’?
Eu defino o ‘Encontro’ como um ponto de conexão entre o mundo e a casa das pessoas, o cotidiano delas. Fico muito feliz de saber que elas acreditam no programa como fonte de informação séria, sólida e isso, para nós, é o maior orgulho. É uma alegria fazer parte desse programa, feito de uma maneira corajosa e responsável. 
 
Você começou sua carreira como repórter na RBS TV e depois migrou para o entretenimento. O que você tem a falar sobre esse novo desafio? Qual o ‘Encontro’ que você deseja?  
O desafio de viver essa migração da RBS para a Globo foi um desafio pessoal, que não foi só meu, mas de toda a minha família. Eu acredito muito no projeto familiar, e quando isso chegou, eu me sentei com a minha esposa, meus filhos e minha mãe, e entendemos também o objetivo do produto. O ‘Encontro’ que eu desejo não é muito diferente da missão que temos hoje. Desejo um ‘Encontro’ em que as pessoas olhem na tela e se sintam atendidas, do ponto de vista da informação, da prestação de serviços e também emocionalmente. 
 
O programa passa a ser exibido após o ‘Bom Dia Brasil’ e entrega o horário para o ‘Mais Você’. Quais suas expectativas para essa estreia e para a nova rotina em SP?
Eu acho que São Paulo é uma cidade que representa a esquina do mundo. Então, quando chegarmos em São Paulo, entrando nessa rotina paulistana, teremos a oportunidade de ser cada vez mais plurais, o que para mim faz uma grande diferença. Gosto do meu trabalho, estou muito animado com essa nova fase, e a rotina não me assusta. 
 
O que o público pode esperar dessa nova fase do programa?  
Acredito que nessa nova fase do programa o público pode esperar uma relação mais sólida e permanente com a informação. Vindo depois do jornal, creio que estaremos conectados com tudo o que for informativo e relevante, atentos às discussões dos temas que mais interessam ao público de casa. 
 
Você e Patrícia já dividiram a apresentação no ‘É de Casa’, no ‘Encontro’ algumas vezes e agora firmam essa parceria. Como você enxerga esse novo momento juntos?
A minha relação com o ‘É de Casa’ é deliciosa, inclusive porque lá eu fui recebido pela Patrícia. Estar hoje ao lado dela dando todo o suporte que é preciso para o programa é de um orgulho muito grande. Tenho um carinho muito grande por ela, nós temos muitas coisas em comum, e acredito que será lindo esse momento que construiremos juntos. 

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code