Ad Code

Partituras apresenta concerto da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais

Divulgação TV Brasil

Obras de Wolfgang Amadeus Mozart, Carl Nielsen e Jacques Offenbach estão no repertório do concerto da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais que o Partituras exibe este domingo (17), à 0h30, na TV Brasil. Realizado na Sala Minas Gerais, em Belo Horizonte, o recital  “De Mozart a Offenbach” tem regência de Fabio Mechetti e solo do clarinetista Marcus Julius Lander. 

Ao longo da temporada de 2022, a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais faz uma retrospectiva de grandes compositores da história da música em ordem alfabética. Esta apresentação reúne as letras M, N e O, de Mozart, Nielsen e Offenbach.

No programa do concerto estão as composições “A flauta mágica, K. 620: Abertura” (Mozart), “Concerto para clarinete, op. 57” (Nielsen) e “Orfeu no Inferno: Abertura” (Offenbach).

A transmissão ao vivo do espetáculo pela Rádio MEC, no dia 2 de junho, marcou a chegada da emissora em Belo Horizonte por meio da frequência 87,1 FM. O recital também foi transmitido pelas redes sociais da Orquestra Filarmônica, com captação de áudio e vídeo da EMC (Rede Minas -  Rádio Inconfidência), parceira da Rede Nacional de Comunicação Pública (RNPC), gerida pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

Fabio Mechetti, diretor artístico e regente titular

Natural de São Paulo, Fabio Mechetti é diretor artístico e regente titular da Filarmônica de Minas Gerais desde 2008, ano de sua criação. Em 2014, ao ser convidado para ocupar o cargo de regente principal da Filarmônica da Malásia, tornou-se o primeiro brasileiro a dirigir uma orquestra asiática. 

Foi residente da Sinfônica de San Diego, titular das sinfônicas de Syracuse, Spokane e Jacksonville, sendo agora regente emérito das duas últimas. Na Sinfônica Nacional de Washington, atuou como regente associado de Mstislav Rostropovich. Além de uma sólida carreira nos Estados Unidos e no Brasil, já conduziu em países como México, Peru, Venezuela, Nova Zelândia, Espanha, Japão, Escócia, Finlândia, Canadá, Suécia, Itália e Dinamarca. 

Marcus Julius Lander, clarinetista principal

O músico Marcus Julius Lander atuou como spalla na Banda Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo e chefe de naipe nas orquestras Jovem de Guarulhos, do Instituto Baccarelli e da Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo. Integrou a Orquestra Acadêmica da Cidade de São Paulo e o Quarteto Paulista de Clarinetas. 

Como artista residente, foi recebido no 8º Festival Internacional de Clarinete e Saxofone de Nan Ning (China, 2010), no Festival Internacional de Clarinetes de Pequim (China, 2014), no Dream Clarinet Academy em Baoding (China, 2017), no IV Congresso Latino-americano de Clarinetistas (Lima – Peru, 2019) e na Thailand International Clarinet Academy (Bangkok – Tailândia, 2019). Atualmente é o clarinete principal da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, artista Royal Global e D’addario Woodwinds.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code