Ad Code

Trace Trends recebe Marvvila em uma conversa sobre o machismo, sucesso e a presença da sambista no Rock in Rio 2022

Divulgação

No Trace Trends desta semana, Xan Ravelli a cantora carioca Marvvila, uma das revelações do pagode, para uma roda de papo e muito samba, no bairro do Bixiga, reduto boêmio de São Paulo. A artista que esbanja mais de 789 mil ouvintes mensais no Spotify e dona do single ‘A Pagodeira’, em bate papo descontraído fala sobre as dificuldades de se firmar no gênero musical, ainda dominado por homens, sobre sua apresentação no Rock in Rio 2022 e de seu primeiro DVD. 

O grupo de samba paulista ‘Dona da Rua', composto apenas por mulheres, se junta a Marvvila e cantam em uma grande e potente roda de samba, em episódio que vai ao ar nesta quinta-feira (14), às 23h30 no Multishow, e depois fica disponível no streaming da Globoplay.

Em entrevista Marvvila fala sobre os preconceitos, em uma área de maioria masculina.”Nessa nova geração, nós não vemos mulheres nesta cena, se destacando, enquanto os homens, a cada geração vai renovando e surgindo novos talentos. Admiro todos, mas falta mais mulheres e representatividade”, comenta. “Já cheguei a ouvir de pessoas que não tem mulheres no samba, mas tem e tem muito. Só precisa dessa visibiilidade”, reforça.

Ainda neste episódio, o Trace Trends traz o humor da comediante baiana Pretha Sousa e as novidades musicais Bafros de Djavan; MC Luanna; Grupo Clareou com Escandurras, e Karen Francis.

Com apresentação de Alberto Pereira Jr, Xan Ravelli, Ad Júnior, João Luiz Pedrosa e Kenya Sade, o Trace Trends tem, a cada semana, um episódio inédito exibido todas às  quintas-feiras,  no Multishow, e disponibilizado no Globoplay. 

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code