Ad Code


Canal Futura comemora 25 anos

Divulgação

Experiência pioneira de comunicação para transformação social, o Canal Futura chega aos 25 anos em setembro e celebra sua trajetória de produção audiovisual educativa, participativa e inclusiva. Até o fim do ano, sua contribuição para os temas mais urgentes do cenário da educação e das juventudes no país vai ser contada através de programação especial, eventos, debates, entrevistas e minidocumentários, entre outras iniciativas. [Veja abaixo programação completa]

Criado em 1997 pela Fundação Roberto Marinho, o Futura é resultado de uma parceria estratégica única no país, que reúne organizações da iniciativa privada unidas pelo compromisso de investir socialmente.

Com mais de 1,4 milhão de professores e gestores escolares como público regular, de acordo com pesquisa do Instituto DataFolha encomendada pelo canal em 2020, 94% dos professores avaliam que o Futura contribuiu para sua formação e seu trabalho durante a pandemia e 84% dizem que o conteúdo do canal inspirou suas aulas. E 72% dos pais e responsáveis dão nota 9 ou 10 para a contribuição do Futura para a aprendizagem de crianças e jovens.

“Acreditamos que a aliança entre educação e comunicação transforma pessoas e a sociedade. Esta é uma comemoração que olha para frente, que pensa a Comunicação pública a longo prazo, que conecta o tempo todo a nossa linha editorial às questões e compromissos atuais”, diz João Alegria, secretário geral da Fundação Roberto Marinho.

O conteúdo da programação especial vai fazer um panorama da atuação do Futura nas grandes agendas sociais e educacionais, nas políticas públicas e na transformação social, com distribuição multiplataforma. Para além das telas, são mais de 7 milhões de views no TikTok, 22 milhões de visualizações no YouTube e 34 milhões de pessoas alcançadas no Facebook.

“O Futura é um local de encontros, de escuta e diálogos. Trabalhamos em parceria, participamos de redes. Diversidade está no nosso DNA, porque entendemos ser potência para transformação”, diz José Brito, diretor do Canal.

Veja abaixo as principais iniciativas para os 25 anos do Canal Futura 

Nas telas 

Série Entrevista Especial 25 anos -- A temporada especial da série jornalística estreia dia 5 de setembro, às 20h45, trazendo personalidades, apresentadores, artistas, educadores e colaboradores que debatem políticas públicas e grandes agendas sociais e educacionais a partir das práticas do Futura.

A apresentação é do músico e escritor Tony Bellotto, que esteve à frente de outro programa clássico da casa, “Afinando a Língua”. Ele recebe convidados que marcaram a trajetória do Futura e que se relacionam com os temas da temporada, como Jairo Bouer, Sandra Annenberg, Letícia Sabatella, Spartakus Santiago, Djamila Ribeiro, Marcelo Gleiser, Conceição Evaristo, Alexandre Henderson. Nos episódios, temas como educação antirracista, inovações pedagógicas, jornalismo e cidadania, investimento em ciência e o papel do audiovisual na educação.

Minidocs -- Temas que estão no DNA do Futura, como Educação, Cultura Digital, Diversidade, Juventudes, Democracia e Empreendedorismo são destacados em filmetes que reúnem nomes que fazem parte da história do Canal e vão ao ar ao longo da programação. Entre os participantes estão o especialista em inovação e apresentador do “Expresso Futuro”, Ronaldo Lemos; a cientista de dados Nina da Hora; a apresentadora Lorena Calábria; a empreendedora social e criadora do Favela Orgânica, Regina Tchelly; e a diretora da ONG Redes da Maré, Eliana Sousa Silva.

A Educação em 25 anos - Série de filmes constrói uma linha do tempo com os principais temas que permearam o cenário da Educação desde 1997, ano a ano, em raras imagens de arquivo. Nas peças, o contexto é relacionado a iniciativas e conteúdos que marcaram época no Futura no mesmo período.

O primeiro capítulo mostra o início da chamada década da educação - em que o Ministério da Cultura (MEC) estabeleceu os parâmetros curriculares nacionais com conteúdo abordados de maneira interdisciplinar -- e o lançamento do Futura, com o foco em conhecimento aplicado no dia a dia. Também são lembrados marcos como a criação do ENEM e do Fies, aprovação do Plano Nacional de Educação (PNE) e o primeiro Fórum Mundial da Educação, no Senegal. 

Democracia - Em outubro, será lançada uma série de conteúdos sobre democracia, cidadania, participação popular e educação política, em parceria com as instituições Politize! e Delibera Brasil. Produzidos a partir de edital para produtores, a série investe na diversidade de olhares, linguagens e narrativas.

Para as crianças -- Novos conteúdos serão lançados para a faixa infantil até o fim do ano, com destaque para as segundas temporadas das séries Quintal TV, em que crianças brincam de telejornal e abordam temas variados; e A Caverna de Petra, que acompanha personagens infantis aprendendo a lidar com sentimentos de forma lúdica.

Mobilização 

Fórum de reitores - Mais de 60 reitores e representantes de universidades públicas, privadas e comunitárias de todo o país vão se reunir na edição 2022 do Fórum Nacional de Reitores e Dirigentes, no dia 26 de agosto, no Rio de Janeiro. Instituições como Unicamp, Unesp, UFRJ, UnB, Universidade do Amazonas, Universidade de Sergipe, entre outras universidades federais, estaduais e entidades parceiras do Canal Futura e da Fundação Roberto Marinho estarão presentes no evento, que terá seu primeiro encontro após o retorno às atividades presenciais.

VIII Congresso Nacional de Educação (Conedu) - Em outubro, o Canal participa do congresso, em Maceió, que terá o tema “O futuro da escola: Repensando políticas e práticas”. O Canal contará com a participação de professores que fazem sucesso no TikTok do Futura -- a plataforma vem sendo utilizada para a disseminação de conteúdo educativo em novos formatos.

Geração Futura 25 anos -- Jovens estudantes de diferentes partes do país participaram da oficina de audiovisual Geração Futura. A iniciativa, com a rede de Universidades parceiras do Futura, dá aos jovens oportunidade de experimentar na prática a produção televisiva e educativa. A vivência dos jovens virou web série no YouTube em estilo reality, em que mostram os bastidores do curso. E as produções audiovisuais dos estudantes serão exibidas no Futura a partir de outubro.

Diversidades e Direitos -- Ações de mobilização nos territórios, a partir do trabalho junto a agentes sociais, ambientais e culturais, são um dos pilares da atuação do Futura na agenda da proteção de direitos, bem estar e inclusão. Entre outras iniciativas, em seus 25 anos, o Futura está desenvolvendo a nova Maleta, que reúne um conjunto de conteúdos audiovisuais e educativos distribuídos e trabalhados em ONGs, associações e outras organizações.

Posicionamento  

Nova marca e campanha  

A nova campanha do Futura traduz, em imagens, a ideia de que o conhecimento transforma. Para a ação, foram convidados participantes com diferentes perfis, em um experimento transformador: monitorar suas atividades cerebrais enquanto assiste ao Canal Futura. Esse material captado foi transformado em videoarte, com combinações e movimentos que acompanham as conexões cerebrais dos participantes.
 
A campanha apresenta também a nova marca do Futura, com o conceito do conhecimento que se move e se multiplica, em uma aliança entre Educação e Comunicação que impacta pessoas e sociedade.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code