Ad Code


''Comecei atuar tarde, com 46 anos'', declara Junno Andrade no 'PoliCast' desta terça

Divulgação Rogério Pallatta/SBT

De colete de motociclista e capacete, Junno Andrade chega pilotando muitas curiosidades sobre sua vida pessoal no ''PoliCast'' desta terça-feira (23),  como a paixão por motos, trajetória na teledramaturgia e a história de amor com Xuxa Meneghel. E ainda comenta sobre seu personagem em ''Poliana Moça'', o Renato e revela spoiler quentíssimo. O episódio vai ao ar às 21h30, no canal da novela do YouTube e nas plataformas de áudio. Está imperdível!

Charmoso, bonitão e gente fina, Renato é um talentoso musicista, que canta muito bem e toca diversos instrumentos. Um verdadeiro Don Juan com um jeitão todo extrovertido e engraçado, ainda apegado ao seu passado de sucesso, quando cantava com sua banda. Ele entra como professor de música na escola Ruth Goulart. Quando ainda era um jovem em busca de fama com sua banda de garagem, teve um namoro com Ruth [Myrian Rios], algo intenso e significativo para ambos. Quando começa dar aulas, ele estava namorando com Helô [Elina de Souza], a melhor amiga da diretora. Agora solteiro, ele passa a gostar das duas ao mesmo tempo.

“Como ele aceitou ir para essa escola?! Como o cara faz uma coisa dessa, mas ele explica que estava com três aluguéis atrasados. Eu acho que o Renato não faz por mal, porque ele acha que uma hora vai resolver: ‘ah, depois eu resolvo isso aí' e vai empurrando com a barriga”, inicia Junno.

“Ele acabou de terminar o namoro com a Helô, que é melhor amiga da Ruth, responsável por levá-lo para a escola. Ele é sem noção, já viu a Ruth como uma possibilidade real, tá até com ciúme dela. Eu acho que ele gosta mesmo das duas, a Ruth é uma história que ficou mal resolvida na vida dele, porque ele era bon vivant, músico, ele saia e ela não podia acompanhar. E de bobo ele não tem nada, ele percebeu que ela caia no charme, aí quando ele viu que a Helô terminou, ele falou: ‘É agora!’ ”, declara.

O ator dá sua opinião pessoal onde esse triângulo amoroso vai parar: “Se a gente for pensar, que a gente tá vivendo um momento de empoderamento da mulher buscando seu lugar cada vez mais e se colocando de uma forma mais ativa, eu acho que ele vai dançar, ele vai ficar sozinho. A Helô já percebeu que ele não é para ela, ela teve a grandiosidade de sacar: ‘esse cara fica de charme com minha melhor amiga, não me contou a verdade quando entrou na escola’. A Ruth deve sacar isso também, eu não sei, acho que ele vai acabar com outra pessoa. Mas que ele gosta realmente das duas, ele realmente gosta”.

Junno Andrade vive um relacionamento com a Xuxa Meneghel, no “PoliCast”, ele compartilha que nos anos 80 frequentava muito o programa da apresentadora e que mesmo rolando um flerte, ele namorava e era noivo. Quando Junno terminou seu noivado, quem estava comprometida dessa vez era a Rainha dos Baixinhos, e com o cara que chegava sempre em primeiro lugar, Ayrton Senna.

“Quando eu terminei meu noivado, eu fui no programa dela e falei: ‘hoje vou conversar com ela’. Me falaram que ela começou a namorar, e me disseram que ela estava namorando o Ayrton Senna. Eu estava dentro do Projac, eu perguntei para a divulgadora da produtora e pensei: ‘não é possível, eu não vi nada’. Então, eu entrei no ar e perguntei para a Xu: ‘é verdade que você está namorando?’. Ela disse que sim. Eu até brinquei: ‘Ele sempre chega na frente, pole position’ ”, desfruta o ator.

“Em 2012, eu estava em Salve Jorge, fazendo o personagem Santiago, que tinha aquela coisa de rapto de criança e ele era uma das pessoas dessa quadrilha. Aí me chamaram para fazer o programa da Xu para falar do personagem e fazer o Memória X, e como eu tinha ido muito no programa dela, eu fui lá por esse motivo, e lá a gente se reencontrou e foi amor à segunda vista. E estamos juntos há 10 anos já. Nossa relação é muito gostosa”.

Pela caixa de perguntas enviadas pelos fãs da atração, um espectador pergunta se a Xuxa tem ciúmes do personagem e Junno expõe: “A Xuxa é a pessoa mais tranquila, ela não tem ciúmes nem de mim, imagina ter do Renato, é a pessoa mais relax, mais segura da face da Terra. Eu nunca vi a Xuxa pegar meu celular, eu posso ficar aqui horas [...]. A Xu é muito tranquila, muito pelo contrário, se ela perceber enquanto ator, que estou deixando de desejar por conta de alguma trave, capaz dela me falar: “opa, faz direito isso daí, faz de verdade’, porque ela já teve essa experiência - perguntem para ela, tá?! Mas eu vou contar -, que no filme dela, teve ator que não chegava junto para beijar, que respeitou muito e ela falou: ‘meu, aqui não sou eu e nem você, cara, a gente tá atuando’”, finaliza o assunto.

O romântico ainda dá conselhos amorosos para os jovens: “Tentar controlar a ansiedade. A gente quando tá apaixonado sofre muito, dói demais, e quando parece que não é correspondido é pior ainda. A dica é: ‘nunca pense que não está correspondido, porque do outro lado tem alguém que está pensando igualzinho você, e por conta disso, dos dois acharem que não está sendo correspondido, vocês ficam sem graça, com medo de tomar um ‘não’, uma invertida, e às vezes, a pessoa tá querendo mais que você”.

Junno se identifica muito com  seu personagem em “Poliana Moça”, ambos são motociclistas, músicos e tem uma banda de rock. Todo trajado de motoqueiro na entrevista, o intérprete explica um pouco do seu motoclube e declara que para fazer cenas pilotando o veículo não precisa de dublê: "Sátiros é o nome do nosso motoclube, que é por conta do teatro, tem pessoas de vários ramos, tem diretor, câmeras, atores. Unimos pessoas que rodam juntos e fazemos ações. Tá frio? Vamos pegar agasalhos para doar!”.

“Eu vim assim de propósito. Eu já fui para casa com a roupa do Renato, porque eu fiquei conversando e me distrai e é tão parecida com a minha, ele usa colete, tem capacete, bota. Para fazer as cenas não uso dublê, eu sou meu próprio dublê”, brinca o ator.

O convidado conta um pouco da sua trajetória na carreira da teledramaturgia e revela um sonho dentro da televisão: “Eu comecei tarde, com 46 anos, a minha primeira novela foi aqui no SBT, o ‘Corações Feridos’ [...]. Foi lindo, deveria reprisar, ela ficou um tempinho parada, engavetada e depois veio. A Larissa Manoela fazia minha enteada, ela estreou ali também”.

“Eu adoro o SBT, eu quero  fazer um programa de televisão (risos). Eu queria apresentar ‘Qual É A Música?’, foi um dos campeões, eu passei muitas fases, eu sabia todas, tinha vários formatos e eu sabia todos, eu só não gosto do sino, outro dia eu vi - com todo respeito -, mas artistas da minha idade até chegar no sino, eu fiquei em casa: ‘vai quebrar a perna’, ‘agora vai tropeçar’, diverte Andrade.

Na conversa de hoje, Junno comunica momentos engraçados da novela, a pessoa que tem mais intimidade nos bastidores e ainda dá um spoiler sobre o relacionamento de Renato: “Tem uma cena que não foi para o ar ainda, do Renato e a Ruth, muito bacana, uma cena gravada em uma externa noturna. Eles estão em uma praça, um lugar que eles curtiam quando eram jovens. Vai rolar um remember”.

O podcast “Policast” vai ao ar toda terça, logo após a exibição da novela, no canal de Poliana Moça no YouTube e nas plataformas de áudio

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code