Ad Code


Telecine marca presença no Festival de Cinema de Gramado e garante o esquenta com filmes premiados nas edições anteriores

Reprodução

A partir de hoje, dia 12 de agosto, os holofotes estão voltados para a Serra Gaúcha, que recebe o 50º Festival de Cinema de Gramado. E o Telecine está presente no evento com uma ativação em conjunto com a Claro, levando um espaço interativo, montado na Praça Major Nicoletti, junto à famosa rua coberta, com ações promocionais, incluindo neve, e com um painel instagramável reproduzindo a imagem do Kikito, estatueta símbolo e prêmio do Festival.

''O Telecine tem como missões transportar o público para dentro das boas histórias do cinema e promover experiências ligadas à sétima arte. Parcerias com festivais são essenciais para mostrar a relevância da marca no setor, e é ainda mais especial participar da comemoração de cinco décadas do tradicional Festival de Cinema de Gramado, um dos principais eventos do país. Refletindo toda sua trajetória de sucesso, é possível perceber o quanto a arte e a cultura têm o poder de transformar. A contribuição do festival vai muito além do setor audiovisual, e é uma alegria para o Telecine estar ao lado desse evento'', descreve Cristina Cadore, diretora de Marketing e Produto do Telecine.

Entre os destaques da premiação, os filmes A Viagem de Pedro, O Clube dos Anjos, A Porta ao Lado e O Pastor e o Guerrilheiro têm previsão de chegar, após o festival e a temporada nos cinemas, ao Telecine. Enquanto as quatro produções são exibidas apenas na tela do Palácio dos Festivais durante a programação do evento, o Telecine tem um convite para os cinéfilos: conferir longas premiados em edições anteriores, como Todos os Mortos, Ferrugem e Pacarrete. Dentro do Globoplay ou via operadoras, dá para maratonar sem sair de casa e a qualquer momento.

A primeira dica da lista é Todos os Mortos, de Caetano Gotardo e Marco Dutra, vencedor de três categorias em 2020: Trilha Sonora, Ator - Thomás Aquino e Atriz Coadjuvante - Alaíde Costa. Da edição 2019, três filmes premiados fazem parte do catálogo Telecine, como a produção cearense Pacarrete. Com direção de Allan Deberton, arrebatou oito Kikitos. Já Raia 4, de Emiliano Cunha, levou os prêmios de Crítica, Fotografia e Melhor Longa Gaúcho. Com Andréa Beltrão como protagonista, Hebe: a Estrela do Brasil ganhou a Melhor Montagem do Festival ao mergulhar na biografia de Hebe Camargo.

A seleção especial continua com mais cinema nacional e o grande vencedor em 2018, Ferrugem. Além do Kikito de Melhor Longa-Metragem Brasileiro, conquistou as categorias Melhor Roteiro e Melhor Desenho de Som. Também estão disponíveis na plataforma Elis e Um Homem Só. Na cinebiografia de Elis Regina, Andréia Horta roubou a cena ao interpretar a artista e se destacou como Melhor Atriz no Festival em 2016. A produção ainda recebeu mais dois troféus, incluindo de Melhor Filme -- Júri Popular. E a comédia dramática estrelada por Vladimir Brichta, Mariana Ximenes e Otávio Müller ganhou em dose tripla o evento em 2015: Fotografia, Melhor Atriz (Mariana) e Melhor Ator Coadjuvante (Müller).

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code