Ad Code

'Globo Repórter' desta sexta-feira mostra os efeitos do sucesso da novela Pantanal que entra em sua reta final

Divulgação Globo

Às vésperas de o país se despedir de 'Pantanal', que entra na sua reta final, o 'Globo Repórter' da próxima sexta-feira, 23 de setembro, se dedicou a registrar os efeitos dessa verdadeira febre que acometeu o país desde que a novela estreou. O programa vai mostrar o jeito de falar que virou moda, os personagens que conquistaram o público, a repercussão nas redes sociais e o impacto causado até no turismo já que o Brasil redescobriu as belezas da região onde vivem José Leôncio (Marcos Palmeira), Juma (Alanis Guillen) e cia. Maria Bruaca, ou melhor, Mary Bru para os íntimos, por exemplo, mudou o destino de Isabel Teixeira. A repórter Bette Lucchese acompanhou a atriz no apartamento onde está hospedada, desde a corrida de manhã cedinho na orla do Leme, na Zona Sul do Rio de Janeiro, e foi recebida para um café da manhã com um papo sobre o sucesso da personagem, cuja legião de fãs é reconhecida pela alcunha de ‘bruaquers’. 
 
“Com essa personagem a gente está falando de abuso, né? De abuso que ela não percebe. Ela começou a achar aquilo normal, mas eu acho que tem uma hora que é um passo que ela dá “eu vou mudar” e não tem volta. O pessoal jovem, que está antenado que olha a Maria Bruaca e fala: ‘Bota um cropped, reage! Somos todos Mary Bru”, porque não pode mais. Tem coisa hoje em dia que não pode mais”, comentou a atriz, que ainda falou da repercussão entre os fãs: “ Eu tô recebendo de mensagem por todos os lados. É uma personagem que faz pensar sobre a gente mesmo, aceitando que nunca é tarde mesmo, que a vida está sempre começando”.

Divulgação Globo

Bette também relembrou sua cena preferida com a atriz: “Foi quando ela revelou um talento que herdou do pai, o cantor Renato Teixeira”. A repórter estava se referindo ao dueto dela com Almir Sater, em “Meu Primeiro Amor”. “Foi uma ideia do Almir, que dizia: ‘canta, vamos cantar’. E eu pensei lá vai ela reconstruir o chão, fazer restauro dela mesma na água”, analisa a atriz.
 
Silvero Pereira falou sobre o orgulho de viver Zaquieu, um mordomo gay que tenta provar que também pode ser peão. “Eu quero trazer esse lugar do empoderamento, da coragem, do desejo que a gente tem de ser aceito e respeitado na sociedade. Não é porque você é gay que você tem que assumir funções que as pessoas acham que estão predestinadas a você. Pelo contrário. Zaquieu está lá para dizer que a gente pode assumir qualquer função”, defende o ator, cujos momentos de concentração total, antes de entrar em cena, foram registrados pela equipe do programa: “ Nenhum deles entende a dor do Zaquieu, só eu”.
 
A novela também mobilizou a internet e o repórter Tiago Scheuer é quem apresenta um caso de uma fã de milhões. “A gente veio para São Bernardo do Campo, no ABC paulista, conhecer a Vitória, os pais da Vitória. Eles adoram Pantanal, estão na onda pantaneira. E ela fez um vídeo que tem mais de 23 milhões de visualizações nas redes sociais”, explica ele. 
 
Além disso, a exibição de ‘Pantanal’ também contribuiu para aumentar os lucros reais para a economia local. O repórter Alysson Maruyama vai mostrar como diversas famílias têm ido até a região atraídas pela beleza exibida da TV. “A movimentação dos barcos e hotéis cresceu quase 50% no primeiro semestre deste ano. Isso em relação ao mesmo período de 2019, antes da pandemia”, explica ele, que ainda viveu uma experiência única, agora oferecida por guias turísticos: acompanhar uma comitiva de verdade para levar o gado até a sede da fazenda, sem deixar os animais se espalharem. 
 
O ‘Globo Repórter’ desta sexta-feira, dia 23, vai ao ar logo depois de ‘Pantanal’.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code