A&E estreia a segunda temporada da série de true crime Detetives de DNA

Divulgação

Detetives de DNA (Bloodline Detectives) mostra como a utilização do DNA familiar e da genealogia, além das tecnologias forenses mais avançadas, auxiliam os agentes da lei na resolução de casos reais de homicídios e crimes sexuais. A partir de 16 de novembro, ás 19h35, o A&E apresenta a segunda temporada da série.

A produção usa o DNA coletado na cena do crime e o DNA enviado pelas pessoas para websites de genealogia para verificar se existe alguma compatibilidade. A partir daí, os genealogistas identificam possíveis suspeitos e a polícia pode completar as investigações e efetuar as prisões necessárias.

A cada episódio de Detetives de DNA, Nancy Grace apresenta a solução de um caso de crime violento, dos Estados Unidos ou Reino Unido, juntamente com entrevistas com especialistas forenses e em psicologia, reconstruções dramáticas e imagens de arquivo.

O A&E exibe dois episódios inéditos às quartas-feiras.

No primeiro de hoje, Jeniffer Watkins, em 1999, a funcionária do hospital Jennifer Watkins foi agredida sexualmente e assassinada. Duas décadas depois, testes inovadores de DNA ajudam a resolver esse caso arquivado.

No episódio seguinte, Mark Manteuffel, em 1992, uma mulher é agredida sexualmente em Sacramento, Califórnia, por um homem usando uma máscara de esqui. Este predador sexual continua a cometer crimes hediondos até que novas evidências exponham sua identidade. Classificação Indicativa: 14 anos

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Formulário de contato