Com novo formato, 'Seleção do Samba' ouve histórias de personagens emblemáticos das escolas, entrevistas de carnavalescos e promove rodas de samba-enredo

Divulgação Globo/Marcus Knoedt

O carnaval de 2023 já começou há bastante tempo e o 'Seleção do Samba' chega neste sábado, 12 de novembro, para provar. Sob comando de Milton Cunha no Rio de Janeiro e em São Paulo, o programa conta a história de personagens ligados à agremiação, entrevista carnavalescos e apresenta numa roda de samba os sambas finalistas, ou só vencedores, no caso da capital paulista, que teve todos os sambas definidos com antecedência.
 
“Eu estou adorando apresentar e costurar todas essas cenas. Carnavalesco falando, chama compositor, chama personagem, é uma loucura! É um vai e vem enorme. Apresentar esse programa é  a coroação da minha carreira, do meu esforço como comentarista. Estou muito feliz e empenhado ao máximo de passar essa minha admiração pelos artistas do samba para o público”, festeja Milton Cunha. 
 
A partir deste sábado, três programas se debruçam sobre as escolhas de samba-enredo das 12 agremiações do grupo especial do carnaval fluminense. Em seguida, a partir de 3 de dezembro, o público assiste nas noites de sábado à celebração das 14 escolas do grupo especial paulista.  
 
No próximo sábado, o público vai acompanhar as histórias e sambas da Vila Isabel, Paraíso do Tuiuti, Salgueiro e Portela. Pela Vila, o intérprete Gera, o ex-diretor de Harmonia Alair dos Santos e a diretora do departamento cultural Nathalia Sarro dão seus depoimentos sobre a escola. Na Paraíso do Tuiuti, Mayara Lima, nova rainha de bateria, teve sua coroação acompanhada pelo programa, que também homenageia Jorge Honorato, presidente de honra e da Velha Guarda, e o intérprete Hudson Luiz. “A emoção de estar à frente de uma bateria é única, a minha coroação foi a realização de um sonho. Estou muito feliz e muito realizada, feliz em poder ser uma representante de comunidade”, lembra a nova rainha de bateria.
 
Em seguida, pelo Salgueiro, João Vitor, diretor de bateria, Tia Glorinha, que comanda a ala das baianas, e Nilda Salgueiro, presidente da ala dos compositores, falam de sua relação visceral com a escola. E na centenária Portela, os personagens ouvidos são o intérprete Rafael Faustino, Nilce Fran, diretora artística, e o baluarte Jerônymo da Portela. 
 
‘Seleção do Samba’ vai ao ar aos sábados, a partir do dia 12 de novembro, após o ‘Altas Horas’. 

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Formulário de contato