Elas estão nos bastidores de Poliana Moça: Brenda Nadler, a preparadora de elenco e Fabiana Tolentino, a voz por trás da robô Sara, no 'PoliCast' desta terça (29)

Divulgação Rogério Pallatta/SBT

No ''PoliCast'' desta terça-feira (29), o público vai conhecer o trabalho de Brenda Nadler e Fabiana Tolentino na novela “Poliana Moça”. Na trama, Brenda é preparadora de elenco e faz participações como a professora de dança dos alunos da escola Ruth Goulart. Ela conta os desafios de preparar os atores. Fabiana é a intérprete da personagem Sara, a robô com inteligência que trabalha para Otto. A convidada explica a diferença entre 'dublagem' e ‘voz original’ e como é gravar na cabine de sonoplastia sem nenhuma interação com outro ator. O episódio vai ao ar às 21h30, no canal da novela do YouTube e nas plataformas de áudio.

Em “As Aventuras de Poliana”, quem era a voz original da Sara, era Giseli Ramos. A robô companheira fiel de Otto evoluiu e, com isso, a sua linguagem também mudou. Ao entrar no novo elenco, Fabi fala que teve que se aprimorar e explica a diferença de voz original e dublagem. 

“A gente já gravou de várias maneiras, mas sempre sou eu sozinha no estúdio de sonoplastia [...]. Às vezes, eu venho e gravo 30 cenas de uma vez, sem ver a cena. É um trabalho de voz original, dublar é quando você tem o vídeo, vai olhando para a boca do personagem e vai ‘batendo a boca junto’ - como a gente chama -, e aqui em Poliana Moça é criação de voz original. Eu interpreto ali e o pessoal de efeitos especiais captam a forma que estou fazendo e inserem no projeto”, explica Tolentino.

“Com a nova novela, a direção quis trazer uma Sara mais humanizada, como se a tecnologia tivesse avançado e o Otto tivesse aprimorado a construção da Sara. Me falaram que queriam uma personalidade para ela, para eu não pensar nela como um robô, mas sim como uma personagem. Eu usei de referência o filme Her, em que a Scarlett Johansson  faz uma voz de inteligência artificial, e ela é ela, ela não faz a voz de uma inteligência artificial, ela faz uma voz de mulher humana, questões, dores e desejos. Eu usei essa referência para gravar o teste e adoraram essa ideia, coube muito. Acho legal a abertura que me deram. Eu vi o trabalho da Giseli, era muito legal; eu peguei umas coisas dela, que valeu a pena para construção, e segui um novo caminho para a adaptação, como se começasse do zero’, complementa a intérprete.

Assim como Fabiana, Brenda é atriz, trabalhou em teatro musical e adora dirigir e ajudar por trás das câmeras. Ela também entrou na segunda fase da novela, mas há anos está no mercado como preparadora de elenco.  A entrevista conta um pouco do seu trabalho: “A preparação do ator tem a ver com a essência do ser humano [...]. Eu quero chegar perto da essência, do que a pessoa pensa, do que ela quer, os sonhos, para juntos, desenvolvermos camadas para servir para ela como ferramenta de trabalho”.

“A criança tem naturalidade, não está com manias, são apenas detalhes de articulação. Quando vai ficando mais adulto na profissão vai tendo mais vícios em cena. O adolescente em si traz algo mais profundo, os hormônios estão à flor da pele, eles estão com a questão de afirmação de quem eles são, então, ao mesmo tempo que eles estão fazendo a novela, eles estão passando por coisas normais da adolescência. Eu fico muito atenta com eles, para que eles passem isso de maneira sadia junto com o trabalho”, completa Nadler. 

Além de preparadora, Brenda é atriz e faz uma participação na trama como professora de dança: "Às vezes eu brinco e falo: 'gente, hoje estou de atriz, quero que me maquiar, quero sentar na cadeira e me produzir’, mas nunca dá tempo, eu vou, ponho a roupa e vou ensaiar. A professora de dança faz a performance nas cenas, e sou eu que estou lá, então, eu já entendo a posição das câmeras, como organizar aquilo para ficar melhor. É uma participação pequena, eu estou ali a favor da história como um todo, mas a professora não tem um histórico de passado, nem um futuro, então, permite eu ser eu mesma, o mais próximo eu posso ser de uma professora de dança, porque eu sou professora de dança na vida real também”, finaliza a preparadora.

O podcast “Policast” vai ao ar toda terça, logo após a exibição da novela, no canal de Poliana Moça no YouTube e nas plataformas de áudio

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Formulário de contato