Em novembro, Curta! comemora sua primeira década com estreias exclusivas, sinal aberto e festival com filmes e séries gratuitos

Divulgação Marco Antônio Ferreira/Curta!

Em novembro, mês em que completa dez anos de existência, o Curta! traz atrações que foram destaque de sua programação durante essa década, além de documentários inéditos que estreiam com exclusividade e uma maratona em homenagem ao Dia da Consciência Negra durante todo o dia 20 de novembro. E o que é melhor: tudo isso pode ser visto gratuitamente, uma vez que o canal está com sinal aberto através de seu site. Já assinantes da Vivo TV e Vivo Play terão sinal aberto na televisão.

Outro presente para o espectador é o Festival & Prêmio Curta! Documentários - 10 Anos de Conteúdos Relevantes, que foi prorrogado até 13 de novembro. Promovido como parte das comemorações do aniversário do canal, a ação disponibiliza gratuitamente 85 documentários de longa-metragem e 56 séries, somando 760 produções. Todo conteúdo está online no site do canal. Basta se cadastrar. Tem filmes e séries premiadas e reconhecidas pelo público e crítica, integrantes também de festivais internacionais e nacionais como Berlim, de Brasília e do Rio, In-Edit, É Tudo Verdade e a Mostra São Paulo.

A PROGRAMAÇÃO NA TV, NO SITE E NO CURTA!ON

Durante o mês de novembro, o canal e o streaming Curta!On – Clube de Documentários estreiam quatro produções e apresentam uma maratona e um especial em homenagem ao Dia da Consciência Negra.  Na TV, o sinal estará aberto durante o mês inteiro através do site canalcurta.tv.br/viainternet . Para assistir à programação, basta se cadastrar. Já o Curta!On tem gratuidade por 7 dias para quem se inscrever pelo site.

A primeira estreia é o documentário inédito “A Última Vanguarda”, uma produção exclusiva viabilizada pelo Curta! através do Fundo Setorial do Audiovisual. O filme, dirigido por Peu Lima, aborda a importância de Edgard Santos, fundador e primeiro reitor da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Entre 1946 e 1961, ele liderou e representou um movimento vanguardista a partir da Universidade, atuando sob a perspectiva de que a educação deve ser associada à cultura. A produção conta com depoimentos de artistas e intelectuais baianos como Caetano Veloso, Gilberto Gil e Tom Zé.

Além de investir em conteúdo nacional, a curadoria do Curta! também coleta verdadeiras pérolas entre documentários produzidos no exterior, mantendo parcerias frutíferas com produtoras da Europa e dos Estados Unidos. Em novembro, duas produções estrangeiras estreiam com exclusividade no Brasil através do canal: no dia 17, “Toni Morrison – Os Fantasmas da América”, filme sobre a autora que é figura de destaque na literatura afro-americana, com 11 livros escritos e traduzidos em dezenas de idiomas. Já no dia 22, é a vez de “De Volta a Basquiat”, documentário biográfico sobre o artista plástico que aborda suas influências e sua luta como criador negro.

Outro destaque entre os conteúdos que chegam à programação é “No Intenso Agora”, de João Moreira Salles. O longa, de 2017, foi desenvolvido a partir da descoberta de filmes caseiros rodados pela mãe do diretor durante revolução cultural chinesa, em 1966, além de imagens gravadas por ela na França, em pleno 1968, na antiga Tchecoslováquia e, em menor quantidade, no Brasil. As imagens registram as impressões e as relações das pessoas filmadas com a política em tempos de grande efervescência.

Ainda em novembro, em comemoração aos 10 anos do Curta!, o canal preparou uma seleção de conteúdos especiais que se destacaram ao longo da década e agora voltam à programação. Entre eles, "Janela da Alma", de João Jardim e Walter Carvalho, que vai ao ar dia 9, às 22h; "O Sal da Terra", Wim Wenders e Juliano Ribeiro Salgado, dia 15, às 22h; "Gilberto Gil - Antologia - Vol 1", de Lula Buarque de Hollanda, dia 20 às 21h40; e "Tropicália", de Marcelo Machado, dia 21/11, às 22h30. Já a tradicional Maratona da Consciência Negra reúne dezenas de conteúdos que serão exibidos ao longo do dia 20 de novembro. No Curta!On – Clube de Documentários, haverá um especial com 45 produções, entre longas-metragens e episódios de séries, inclusive as novidades do mês: “Toni Morisson – Os Fantasmas da América” e “De Volta a Basquiat”.

FESTIVAL & PRÊMIO CURTA! DOCUMENTÁRIOS - 10 ANOS DE CONTEÚDOS RELEVANTES

Música, Artes, História do Cinema, Pensamento e História Política & Sociedade são os temas dos conteúdos do festival, os cinco eixos temáticos do canal. Gratuitamente, o público pode assistir aos 85 documentários de longa-metragem e 56 séries disponíveis. Só na categoria “música” – uma das mais acessadas pelo público -, por exemplo, há 117 produções, entre longas e episódios de série, com destaques como “Os Quatro Paralamas”, sobre a banda Os Paralamas do Sucesso; e “Ney – À Flor da Pele”, sobre o cantor Ney Matogrosso, além da série “101 Canções Que Tocaram o Brasil”, produzida e apresentada por Nelson Motta. Para participar basta fazer um cadastro simples no site https://festival.canalcurta.tv.br/

A iniciativa vai distribuir cerca de R$170 mil em prêmios, divididos por cinco produções vencedoras, uma em cada categoria temática. Além da premiação concedida pelo próprio canal, a Quanta oferece a cada produção vencedora um crédito para até duas "saídas" de arquivos com até 90 minutos de duração, nos formatos escolhidos pela equipe. Depois do público eleger com estrelas – de uma a cinco – seus conteúdos preferidos, um time de jurados especializados irá escolher os vencedores em cada categoria.

Todos os conteúdos do Festival receberam financiamento pelo Fundo Setorial do Audiovisual (FSA). O FSA é abastecido pela Condecine (contribuição sobre receitas do próprio setor audiovisual, para o desenvolvimento desta indústria nacional).

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Formulário de contato