Combate segue expandindo o portfólio e anuncia duas novas parcerias com Invicta e Rizin

Reprodução

Em mais um movimento de ampliação de portfólio, o Combate termina o ano com boas notícias para os assinantes. Após garantir a exibição dos duelos organizados pela Top Rank (boxe), Glory (kickboxing), One (MMA, kickboxing, muay thai e grappling) e KSW (MMA), o canal fecha novas parcerias com dois grandes eventos de MMA. A partir de janeiro, passam a fazer parte da grade de programação do Combate os confrontos femininos do Invicta, maior organização de MMA para mulheres do mundo, e os cards do Rizin, evento criado em 2015 para suceder os famosos Pride e Dream, e atualmente é a principal instituição de artes marciais mistas do Japão.

As brasileiras Cris Cyborg e Amanda Nunes são alguns dos nomes consagrados internacionalmente e que já estiveram em ação desde a criação do Invicta, em 2012. Atualmente, a organização possui uma grande variedade de lutadoras de todo o mundo entre as suas cinco categorias: peso átomo, palha, mosca, galo e pena. Entre as 13 brasileiras que fazem parte do Invicta atualmente, o destaque fica por conta da carioca Valesca Machado, campeã mundial peso-palha. A primeira transmissão pelo Combate será a da 51ª edição do evento, em 18 de janeiro. Em março, em data a ser divulgada, está previsto o Invicta 52.

No Rizin, que já contou com lutadores notáveis como o tcheco Jiří Procházka e a lenda russa Fedor Emelianenko, os destaques são os brasileiros Roberto Satoshi Souza e Kleber Koike Erbst . Roberto é radicado no Japão e desde junho de 2021 é o campeão mundial da categoria peso-leve. Já Kleber é o atual detentor do título na categoria pena. Atualmente, o evento possui mais de 110 lutadores divididos entre as 12 categorias, três delas exclusivas para mulheres, além de uma sem a diferenciação por peso. No total, cinco lutadores brasileiros fazem parte dos cards e dos shows do Rizin.
 
"O Combate segue ampliando seu portfólio com muita qualidade. As parcerias com eventos com tanta história e relevância para o MMA internacional, como o Rizin e o Invicta, vêm para reforçar a ótima oferta do canal para os fãs de MMA que já conta com ONE, KSW e Jungle Fight, entre outros . Estamos preparando ainda mais novidades para os fãs de todas as modalidades de lutas em 2023”, avisa Rafael Gruenbaum, Head do Combate. 

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Formulário de contato