Em suas mais variadas formações, as famílias se espalham pelo Telecine

Reprodução

Cada uma com seu jeito, suas raízes e suas peculiaridades, mas todas com um simbolismo em comum: o refúgio. Mistura de significados e relações, a família tem até dia para chamar de seu. E nesta quinta, 8 de dezembro, que tal relembrar no acervo online do Telecine, dentro do Globoplay e via operadoras, filmes e personagens que representam as infinitas formações da família nos cinemas?

Uma das mais famosas da ficção abre a lista: a dos Corleone, que há 50 anos era apresentada ao público com o primeiro longa da trilogia O Poderoso Chefão. De uma saga para outra, na franquia brasileira Minha Mãe É uma Peça, é a matriarca Dona Hermínia, interpretada pelo saudoso Paulo Gustavo, que rouba a cena com sua irreverência.

Sucesso em desenho animado, duas divertidas famílias da Idade da Pedra também conquistaram fãs na comédia Os Flintstones: o Filme, com as aventuras de Wilma, Fred e a filha Pedrita, e Betty, Barney e o pequeno Bambam. Por falar em volta ao tempo, Grug, Ugga, Thunk, Sandy, Eep e a vovó agitam a Pré-História na dose dupla de Os Croods e Os Croods 2: uma Nova Era. Na vibe das animações, gênero recheado de famílias marcantes, os destaques continuam com o casal Fiona e Shrek, em Shrek 2, e a aproximação dos irmãos Ted e Tim com a chegada de um novo bebê na sequência O Poderoso Chefinho 2: Negócios da Família.

A sétima arte também retrata diferentes versões de famílias em que a maternidade e a força da mulher permeiam as histórias, como em Tal Mãe, Tal Filha, com as atrizes francesas Juliette Binoche e Camille Cottin; Mamma Mia!, estrelado por Meryl Streep e Amanda Seyfried; no filme iraniano Filho-Mãe, com Raha Khodayari; no drama Quatro Dias com Ela, em que Mila Kunis e Glenn Close vivem mãe e filha; e no filme nacional Que Horas Ela Volta?, que mostra Regina Casé como uma mãe que, em busca de melhores condições de vida para sua filha, muda de cidade e fica longe da menina. Já a relação de pai e filhos aparece em alta na comédia Três Vezes Amor, com Ryan Reynolds e Abigail Breslin; no sensível Capitão Fantástico, com Ben (Viggo Mortensen) e seus seis filhos; no profundo Um Limite Entre Nós, com Denzel Washington e Jovan Adepo; no divertido Vovó... Zona 3: Tal Pai, Tal Filho, com Martin Lawrence e Brandon T. Jakcson; e no curta brasileiro Depois Daquela Festa.

Na plataforma, ainda dá para conferir tramas que provam que família é “para o que der e vier”, como as de Parasita, Um Lugar Silencioso, Um Lugar Silencioso: Parte II, A Última Noite, O Impossível, Tempo e Refugiado Americano, que estão sempre juntas, principalmente nos momentos de tensão. Para quem curte um clima mais leve, a dica é assistir Que Família É Essa?, A Família Bélier e Belfast, com roteiros repletos de sensibilidade, amor e parceria.

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Formulário de contato