Apple TV+ anuncia novo drama ''Drops of God'', inspirado no mangá best-seller de Tadashi Agi e Shu Okimoto

Divulgação

O Apple TV+ anuncia hoje, 23 de janeiro, a aquisição global de oito episódios do novo drama bilíngue- em francês e japonês- "Drops of God", da Legendary Entertainment, adaptado do mangá japonês homônimo e best-seller do New York Times, criado e escrito pelo premiado Tadashi Agi, com arte de Shu Okimoto e publicado pela Kodansha. "Drops of God" tem no elenco Fleur Geffrier ("Das Boat", "Elle"), como Camille Léger, e Tomohisa Yamashita ("The Head: Mistério na Antártida", "Tokyo Vice", "Alice in Borderland"), como Issei Tomine. A série é produzida pela Les Productions Dynamic em associação com 22H22 e Adline Entertainment.

"Drops of God" apresenta o mundo da gastronomia e dos vinhos em luto: Alexandre Léger, criador do famoso Guia de Vinhos Léger, uma figura emblemática da enologia, acaba de falecer em sua casa em Tóquio, aos 60 anos de idade. Ele deixa uma filha, Camille (Geffrier), que vive em Paris e não o via desde os nove anos, quando os pais se separaram.

Quando Camille vai a Tóquio e o testamento de Léger é aberto, ela descobre que seu pai deixou para ela uma coleção de vinhos extraordinária – a maior coleção do mundo, de acordo com especialistas. Mas para tomar posse de sua herança, Camille deve competir com um enólogo jovem e brilhante, Issei Tomine (Yamashita), um protegido de seu pai, que se refere a ele no testamento como seu "filho espiritual". Mas será que sua conexão com Issei é de fato apenas espiritual?

Com roteiro do criador da série Quoc Dang Tran ("Marianne", "Universos Paralelos"), produção executiva de Klaus Zimmermann ("Borgia", "Trapped") e dirigido por Oded Ruskin ("No Man's Land", "Absentia"), "Drops of God" estreia em 2023 no Apple TV+, exceto no Japão. A série é apresentada em parceria com a France Télévisions e Hulu Japan. 

Uma das maiores editoras do Japão, a Kodansha foi fundada em 1909 e tem um amplo catálogo editorial. A empresa é dedicada à sua missão de promover a leitura e oferece vários prêmios literários, como o Noma Prize e o Yoshikawa Prize, que reconhecem a contribuição de autores de talento para a melhoria da cultura da área de publicações.

Até hoje, os filmes, documentários e séries originais da Apple ganharam 315 prêmios com 1.383 indicações, incluindo a série de comédia vencedora do Emmy "Ted Lasso" e o vencedor do Oscar de Melhor Filme "No Ritmo do Coração". 

O Apple TV+ oferece séries de drama e comédia de qualidade, longas-metragens, documentários inéditos, entretenimento infantil e familiar, e está disponível para assistir em todas as suas telas favoritas. Após seu lançamento em 1º de novembro de 2019, o Apple TV+ tornou-se o primeiro serviço de streaming totalmente original a ser lançado em todo o mundo, e estreou mais sucessos originais e recebeu mais reconhecimentos de prêmios mais rapidamente do que qualquer outro serviço de streaming em sua estreia. 

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Formulário de contato