No Dia dos Povos Indígenas (19/4), TV Cultura exibe documentário inédito Munduruku, Condenados Pelo Mercúrio

Divulgação TV Cultura

Nesta quarta-feira (19/4), a TV Cultura exibe o documentário inédito, Munduruku, Condenados Pelo Mercúrio, produzido pelo Departamento de Jornalismo da emissora, que denuncia uma tragédia ambiental na Amazônia. Vai ao ar a partir de 23h30.
 
A produção revela como o garimpo ilegal poluiu o rio Tapajós, no oeste do Pará e como o metal pesado, transformado no fundo do rio em metil mercúrio, contamina os peixes e chega ao corpo humano, envenenando homens, mulheres e crianças que ainda nem nasceram. Cem por cento dos indígenas da etnia Munduruku estão contaminados. Todas as amostras de pescado, vital para a alimentação desses povos, coletadas pelos cientistas, confirmam isso.
 
Absorvido pela corrente sanguínea, o mercúrio pode prejudicar a visão, provocar alterações renais, cardiovasculares e atinge também o sistema nervoso. As crianças, adolescentes, mulheres em idade fértil e gestantes são especialmente sensíveis à substância, que provoca alterações cognitivas, perda de memória, atenção e raciocínio. Até quadros de depressão podem estar ligados à presença venenosa do mercúrio no organismo.
 
A etnia Munduruku reúne mais de 15 mil pessoas e se espalha pelos estados do Amazonas, Mato Grosso e principalmente Pará, na calha do Tapajós, nos municípios de Santarém, Itaituba e Jacareacanga.
 
Gerações já nascem contaminadas e sofrem as consequências. Sete em cada 10 adolescentes, de 10 a 19 anos, apresentam índices de mercúrio acima da média. E algumas crianças têm também deformações. A contaminação é tão grande e tão grave que as mulheres têm até medo de engravidar.
 
A contaminação do pescado espalhou privação e sofrimento na floresta. Onde antes havia fartura de alimento, agora existe fome. Combinado com outras agressões ao meio ambiente, como a grilagem, o desmatamento, a pesca e a caça ilegais, o envenenamento dos rios provocado pelo mercúrio compromete toda a biodiversidade das florestas brasileiras.
 
E tudo isso tem uma única causa: a cobiça, a busca pelo ouro. Em 2021, 53 toneladas de ouro com indícios de ilegalidade foram comercializadas no Brasil. Em média, para se produzir um quilo de ouro é necessário um quilo de mercúrio.

O Universo da TV

O Universo da TV é o site perfeito para quem quer ficar por dentro das últimas novidades da TV. Aqui, você encontra notícias sobre TV paga, programação de TV, plataformas de streaming e muito mais. É o único site que oferece uma cobertura completa da TV, para que você nunca perca nada. facebook instagram twitter youtube

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Formulário de contato