Recordista de novelas, Ana Rosa fala de sua icônica carreira no The Noite

Divulgação Rogério Pallatta/SBT

Ana Rosa viveu momentos históricos na TV e está no Guinness World Records como a atriz que mais participou de telenovelas, com 63 no currículo. Ela estará no The Noite desta terça (04) para falar sobre a emblemática carreira e projetos atuais. A respeito de seu recorde, comenta: “ninguém me passou, ainda. Estou esperando.... Mesmo no tempo das novelas ao vivo, ninguém tinha me passado”.

A convidada recorda sua primeira novela, ‘Alma Cigana’, além de citar outras obras que fez, desta vez no SBT: “também fiz a primeira novela, ‘Destino’. Depois fiz ‘Conflito’, ‘A Justiça de Deus’ e ‘Vida Roubada’”. Para ela, a mais revolucionária foi Beto Rockfeller. “As novelas eram cubanas, mexicanas, argentinas. Adaptadas para cá. Até então a mocinha era uma ‘pombinha’ sem fel e o jovem galã também. Ali não, pelo contrário, o galã era o anti-herói”.

Ela também lembra quando participou do “Cidade Contra Cidade”, na TV Tupi, e conta: “não sei se ele lembra. E olha, vou te contar, o Silvio (Santos) era um ‘pedaço de mau caminho’. Um homem lindo. O Silvio tinha um programa e um quadro chamado “Cidade Contra Cidade” e nós éramos jurados. Eu, a Guy Loup e o Marcos Plonka. Em determinado momento a produção resolveu fazer uma novelinha dentro desse programa e formou dois casais. A Guy Loup com o Marcos Plonka e eu com o Silvio”.

Avaliando as produções atuais, comenta: “mais recentemente, as novelas têm vários núcleos, porque tem que durar quase um ano no ar. Antigamente, não, era a história só daquele casal. Por isso que as histórias eram muito emocionantes, você acompanhava o começo, meio, fim e acabava”.

Aos 80 anos, faz uma reflexão acerca de sua disposição e forma de encarar a vida, atribuindo-as à sua fé. “Não faço apologia do espiritismo. Qualquer religião é boa quando o crente é sincero. Até quem não tem religião, o importante é você se conectar com o poder superior, porque ninguém brota como alface. Quando a gente passa por momentos muito sofridos na vida, a fé, a família e o trabalho, foram o tripé que me mantiveram firme”, avalia.

Ana fala também de sua peça “Violetas na Janela”, em cartaz pelo Brasil, além do curso “A Jornada do Ator”, focado em interpretação para TV, disponível pela internet. O telespectador fica ainda com o quadro ‘Diguinho Coruja em Crítica Construtiva Show’.

O The Noite é apresentado por Danilo Gentili e vai ao ar de segunda a sexta-feira, no SBT. Hoje, a partir de 00h30.

Anderson Ramos

O Universo da TV é o site perfeito para quem quer ficar por dentro das últimas novidades da TV. Aqui, você encontra notícias sobre TV paga, programação de TV, plataformas de streaming e muito mais. É o único site que oferece uma cobertura completa da TV, para que você nunca perca nada. facebook instagram twitter youtube

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Formulário de contato