Canal Universal exibe Chicago Crossover nesta segunda



O Canal Universal exibe no dia 8 de fevereiro, segunda-feira, a partir das 22h, o Chicago Crossover, exibição especial em que os episódios das séries Chicago Fire, Chicago P.D. e Chicago Med se entrelaçarão. A série Chicago P.D. volta a exibir episódios inéditos neste dia com a apresentação do décimo inédito da terceira temporada, que irá ao ar junto do décimo episódio da quarta temporada de Chicago Fire e do quinto episódio da primeira temporada de Chicago Med.

Às 22h vai ao ar o episódio "The Beating Heart" de Chicago Fire. Em seguida, o episódio "Malignant" de Chicago Med será exibido às 23h, e por fim, às 0h será apresentado o episódio "Now I’m God" de Chicago P.D.

Em "The Beating Heart" (Chicago Fire), Herrmann (David Eigenberg) pede ajuda ao ser atacado no Molly’s por Freddie (Ralph Rodriguez), que fica irritado com o bombeiro e o esfaqueia. Então, após algum tempo, Dawson (Monica Raymund) e Otis (Yuri Sardarov) o encontram ensanguentado.

Cruz (Joe Minoso), então, decide colaborar com a polícia para encontrar o criminoso. Dawson acompanha o amigo na ambulância e ela e Chout (Alex Weisman) tentam ajudá-lo. No hospital, a enfermeira April (Yaya DaCosta) assume o controle e todos tentam salvar a vida de Herrmann.

Em "Malignant" (Chicago Med), Herrmann é levado para cirurgia, já que seu estado continua grave. Rhodes (Colin Donnell) toma as decisões mais rápidas possíveis para não perder o paciente. Mas a Dra. Sam (Julie Berman) diz que ele tomou as providências erradas quando o bombeiro deu entrada no hospital e que o tipo de sangue dele é raro e ele vai precisar de muitas bolsas de sangue.

Enquanto isso, Choi (Brian Tee) atende uma mulher encontrada pela equipe de bombeiros com uma sacola em sua cabeça. A equipe de Chicago P.D. está investigando se foi uma tentativa de suicídio ou assassinato.

Em "Now I’m God" (Chicago P.D), os detetives investigam a entrada de três mulheres no hospital Chicago Med. Todas estavam fazendo quimioterapia, mas nenhuma tinha câncer. Dr. Charles (Oliver Platt) suspeita que um médico está dando falsos diagnósticos e receitando remédios desnecessários para que elas morram de overdose.

Nenhuma delas possui ligação, a não ser o fato de estarem fazendo um tratamento para um câncer que elas não têm. Enquanto reúnem informações, mais uma mulher é hospitalizada e Voight (Jason Beghe) e Erin (Sophia Bush) descobrem que o médico que pode estar cometendo o crime foi o último médico que tratou a esposa do sargento antes dela morrer.

Nenhum comentário:

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.