VIVA exibe o especial completo da 'ESCOLINHA DO PROFESSOR RAIMUNDO'



A partir de 27 de fevereiro, às 20h30, os novos episódios da "Escolinha do Professor Raimundo" voltam ao VIVA. Nas noites de 27 e 28, vão ao ar as duas edições ainda inéditas no canal. Ao longo da semana, de 29 de fevereiro a 4 de março, o VIVA exibirá os demais cinco programas do especial. E para domingo, 6 de março, a partir das 19h, o canal preparou uma maratona completa com os sete episódios do humorístico em sequência. Parceria entre VIVA e Globo, o projeto reúne 20 personagens emblemáticos que fazem parte da memória afetiva de gerações, interpretados por um novo elenco.


O programa de sábado, dia 27, começa com uma homenagem para lá de emocionante a Lúcio Mauro, intérprete original de Aldemar Vigário. Desta vez, ele aparece na pele do faxineiro da escola. É ele quem conduz Professor Raimundo (Bruno Mazzeo) à sua nova sala de aula. "Mas, e os alunos?", questiona o mestre. "Ah, eles continuam os mesmos! E, justamente por isso, lhe desejo boa sorte! O senhor vai precisar", comenta o faxineiro. O conselho já faz sentido quando Raimundo abre a porta da sala e se depara com a turma fazendo bagunça. 

Um dos destaques do episódio é quando o professor pede para Seu Peru (Marcos Caruso) falar sobre Cristóvão Colombo. O aluno já avisa: "Ponham os óculos escuros, hoje acordei fosforescente!". Na vez de Dona Cacilda (Fabiana Karla), Raimundo desafia a aluna a explicar quem foram os 300 de Esparta. E claro que ela tem uma versão contemporânea da história e revela como conheceu os pedreiros da obra do edifício Esparta. Já Zé Bonitinho (Mateus Solano) chega atrasado à aula e descreve como foi sua experiência ao ser retido na alfândega do aeroporto. "Excesso de bagagem?", pergunta Raimundo. "Não, excesso de belezura. Quando passei no raio X, a máquina apitou, gritou, enlouqueceu!", diz Zé Bonitinho, que arranca suspiros das colegas de classe. 

Na edição que vai ao ar no dia 28, Seu Boneco (Marcius Melhem) chega atrasado à aula e impressiona a todos com seu novo visual: camisa e boina do BOPE (Batalhão de Operações Policiais Especiais). Visivelmente cansado, ele explica que está gravando "'Topra' de Elite 4": "Entrei para o ramo da sétima arte, estou fazendo cinema. Virei a noite filmando". Professor Raimundo (Bruno Mazzeo) se surpreende com a notícia e quer saber como o aluno está lidando com a nova carreira de ator. "Sou ator, produtor, diretor, figurante, maquiador e, quando o filme for lançado, bilheteiro". 

Na vez de Dona Bela (Betty Gofman), Raimundo espanta a aluna ao questionar como ela limpa a prejereba. "Prendam esse depravado", esbraveja, assustada. Seu Ptolomeu (Otaviano Costa) esclarece: "Significa, nada mais, nada menos, do que um peixe actinopterígio, que vive em águas profundas. É também conhecido como pirajeba". Ainda no episódio: Dona Cacilda (Fabiana Karla) conta sobre seu romance com Mr.Catra, Zé Bonitinho (Mateus Solano) recebe convite para ser preparador de galãs de novelas, Tati (Fernanda Souza) fala sobre a Semana de Arte Moderna e Seu Batista (Rodrigo Sant'Anna) cria um fã clube para Raimundo e ainda pede para tirar selfie com o mestre. 

Sobre o programa 

No especial, Bruno Mazzeo assume o papel eternizado por seu pai. Além de Bruno, Nizo Neto e Rico Rondelli, também filhos de Chico, estão na produção. Nizo integra a equipe de roteiristas e Rico é o diretor de imagem. 

O elenco escalado para a homenagem é formado por: Ângelo Antônio (Joselino Barbacena), Betty Gofman (Dona Bela), Dani Calabresa (Catifunda), Ellen Roche (Capitu), Evandro Mesquita (Armando Volta), Fabiana Karla (Cacilda), Fernanda de Freitas (Marina da Glória), Fernanda Souza (Tati), Kiko Mascarenhas (Galeão Cumbica), Lucio Mauro Filho (Aldemar Vigário), Marcelo Adnet (Rolando Lero), Marcius Melhem (Seu Boneco), Marco Ricca (Pedro Pedreira), Marcos Caruso (Seu Peru), Maria Clara Gueiros (Cândida), Mateus Solano (Zé Bonitinho), Otaviano Costa (Ptolomeu), Otávio Müller (Baltazar da Rocha) e Rodrigo Sant'Anna (Batista). Os trabalhos de Rubinho Libório e Sônia Soares chamaram a atenção pela caracterização e figurinos semelhantes aos originais. 

Na TV, a "Escolinha do Professor Raimundo" foi originalmente um quadro do "Chico City" (1973) e, depois, do "Chico Anysio Show" (1982). Em 1990, estreou como um programa independente, permanecendo na grade da Globo até 2001. Em 2010, o humorístico voltou com reprises no VIVA. E desde então, é um grande sucesso de audiência, também na TV por assinatura. 

Dos autores Daniel Adjafre, Leandro Soares, Nani, Nizo Neto, Paulo Cursino e Péricles Barros, com redação final da dupla Daniel Adjafre e Péricles Barros, o projeto idealizado por Leticia Muhana, diretora do VIVA, tem direção geral de Cininha de Paula. 

Exibido pelo VIVA entre 23 e 27 de novembro, os cinco primeiros programas do especial garantiram a melhor audiência do canal em 2015 no horário nobre. 

Nenhum comentário:

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.