Em inédito de Chicago Med, o hospital está sendo investigado após erro de Will



O Canal Universal exibe no dia 14 de março, segunda-feira, às 23h, o 10º episódio inédito da série Chicago Med, que conta com a participação de Lochlyn Munro (As Branquelas).

No episódio "Clarity", Will (Nick Gehlfuss) e Sharon (S. Epatha Merkerson) discutem durante uma reunião. Após ele ignorar o desejo de uma paciente de não ser reanimada, o hospital está sendo processado e o médico terá que passar por interrogatórios e um possível um julgamento, além de estar sendo observado e provavelmente processado pelo Conselho de Medicina.

Então a administradora do hospital lhe diz que ele deve ser o médico perfeito até que o processo acabe. Will não poderá infringir regras ou ter mal comportamento. Ela ainda deixa claro que se ele não seguir essas normas, o hospital não lhe apoiará mais.

Enquanto isso, um garoto que jogava hóquei caiu durante o treino. Os pais do menino brigam, já que o pai ignora o fato do paciente ter sofrido uma concussão no mês anterior. A mãe informa aos médicos do acidente logo antes do garoto começar a perder a visão.

Maggie (Marlyne Barret) acorda Rhodes (Colin Donnell) após ele ter dormido por alguns minutos e ela ter encoberto, já que os médicos não podem dormir durante os turnos. Logo depois, Rhodes e Downey (Gregg Henry) recebem pulmões para um transplante. April (Yaya DaCosta) fica impressionada ao ver o órgão funcionando com a ajuda de aparelhos fora de um corpo humano.

Nenhum comentário:

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.