Alicia processa um juiz em episódio inédito de The Good Wife



O Canal Universal exibe no dia 2 de setembro, sexta-feira, às 20h, o 13º e 14º episódios da sétima temporada de The Good Wife em sequência, que contam com as participações especiais de John Billingsley ("Jornada nas Entrelas: Enterprise"), Joe Grifasi (Batman Eternamente) e Debra Monk (Advogado do Diabo).

Em "Judged", Alicia (Julianna Margulies) percebe que um dos clientes do advogado Bernie (Rob Bartlett), Clayton Riggs (Daniel J. Watts), está pedindo sua ajuda. Após ter seu julgamento adiado, Alicia procura pelo acusado e ele explica que o juiz Don Schakowsky (Christopher McDonald) o prendeu por oito meses, com uma fiança de US$ 150 mil. 

Alicia percebe que Clayton foi seu segundo cliente no tribunal do juiz e, para se vingar da advogada, ele o prendeu injustamente após ela ter atrasado sua agenda de julgamentos. Por isso, Alicia decide processar Schakowsky, mas Lucca (Cush Jumbo) lembra que ele tem imunidade por causa da sua profissão. 

Alicia decide seguir com o processo pois o juiz pode perder sua imunidade por mandar Clayton injustamente para a prisão. Quando Schakowsky descobre, ele ameaça Alicia e diz que ela pode perder a sua carreira. 

Enquanto isso, Eli (Alan Cumming) novamente tenta pedir desculpas a Alicia por ter apagado a mensagem de Will Gardner (Josh Charles). Ela pede para que Eli conte exatamente o que o ex-namorado disse e Eli fala o que lembra. Ele pede para ela esquecer o assunto e parar de se martirizar. 

Já em "Monday", Alicia volta a trabalhar na Florick, Agos & Lee após ser convidada por Cary Agos (Matt Czuchry) e Lucca a acompanha. No seu primeiro dia, o analista de TI da empresa, Howell (Jason Babinsky), pede um conselho da advogada pois sua namorada encontra um modelo do tablet da empresa Chunhum que ainda não foi lançado e alguns sites estão oferecendo US$ 100 mil para avaliar o produto. 

Lucca diz que elas podem ajudá-lo, mas Alicia prefere pedir a opinião de Diane (Christine Baranski) e Cary, pois agora elas estão em uma empresa com burocracias. Então, Diane diz que é melhor não se envolver pois, pela lei, Howell teria que tentar entrar em contato com o dono do equipamento antes de vendê-lo. 

Então, Lucca liga para a central de atendimento da Chunhum para notifica-los e eles ignoram o alerta, mas ainda assim Cary e Diane acreditam que é arriscado. 

Mais tarde, a SAPT procura por Howell no escritório com um mandado de prisão por tráfico de bem roubado e Alicia se prepara para defende-lo no tribunal. O dono da Chunhum, Neil Gross (John Benjamin Hickey), pretende retirar o processo caso Howell devolva o aparelho e conte como o achou, mas ele se recusa a entregar a namorada e o caso vai a julgamento. 

Enquanto isso, um homem chama Marissa (Sarah Steele) para almoçar, mas parece estar mais interessado na vida de Alicia do que nela. Ela fica desconfiada e mostra a foto dele para o seu pai, que o reconhece como um dos agentes do FBI, Roland Hlavin (John Magaro). Eli desconfia que o FBI pode estar investigando o processo do juiz Don Schakowsky.

Nenhum comentário:

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.