Canal Brasil - Filmes em destaque na programação de 29 janeiro a 04 de fevereiro - O Universo da TV

Breaking

Home Top Ad

Post Top Ad

sábado, 27 de janeiro de 2018

Canal Brasil - Filmes em destaque na programação de 29 janeiro a 04 de fevereiro


Filmes em Destaques. (Imagem/Divulgação)
Conheça os filmes em destaques na programação do Canal Brasil de 29 de janeiro a 03 de fevereiro.

É Tudo Verdade: Cicero Dias – O Compadre de Picasso
Apresentação: Amir Labaki
Horário: Segunda, dia 29, às 22h.
Classificação: 10 anos
Direção: Vladimir Carvalho

Sinopse: As telas de Cicero Dias encantaram apreciadores da pintura ao redor do mundo, e seu talento foi reverenciado por alguns dos mais ilustres artistas plásticos do último século, como Pablo Picasso, que tornou-se padrinho de sua filha, Sylvia. O documentarista Vladimir Carvalho faz um resgate da biografia e da obra desse pernambucano fundamental para o movimento modernista brasileiro, em um registro afetivo com depoimentos do próprio protagonista, falecido em 2003, e de expoentes da cultura nacional como Ariano Suassuna e do artista plástico Francisco Brennand, entre outros.

Filho de um clã tradicional, Cicero levava às telas o dia a dia do engenho Jundiá, propriedade da família, a primeira inspiração para suas pinceladas. O interior do estado nordestino deixa de ser o cenário da trajetória do pintor na década de 1920, quando ele desembarca no Rio de Janeiro trazendo quadros exalando cores quentes e vivas, figuras femininas sensuais e elementos da terra e do campo. Logo após sua chegada à cidade, começa a conviver com ícones do modernismo nacional como Mário de Andrade, Tarsila do Amaral e Manuel Bandeira, e inicia os estudos na Escola Nacional de Belas Artes. Anos depois, em Paris, ele é apresentado ao surrealismo e ao abstracionismo e torna-se amigo dos espanhóis Miró e Picasso, além do poeta francês Paul Éluard.

Os depoimentos registrados pelo documentário reforçam a magnitude do trabalho de Cicero Dias para a arte nacional e internacional. Ariano Suassuna comenta as semelhanças da obra do pernambucano aos quadros de Marc Chagall, ícone do movimento surrealista – comparação sempre rejeitada pelo brasileiro. O pintor e escultor Francisco Brennand lembra casos curiosos do período passado em Paris, como o episódio em que o artista plástico pagou um funcionário de um barco para roubar os sapatos da atriz hollywoodiana Rita Hayworth, e o momento em que conheceu o grande amor de sua vida, Raymonde. O próprio protagonista comenta detalhes de sua história em depoimentos de arquivo, como em uma gravação histórica ao lado de Roberto Freire, em um registro indispensável dessa figura crucial para a arte brasileira.

Seleção Brasileira: João, O Maestro
INÉDITO E EXCLUSIVO
Horário: Terça, dia 30, às 22h
Classificação: 14 anos
Direção: Mauro Lima

Sinopse: João Carlos Martins é dono de uma história de incrível talento e de superação das mais complexas adversidades. Prodígio do piano, rapidamente começou a construir uma carreira de sucesso tocando peças sinfônicas complexas nos mais badalados palcos de música erudita no Brasil, nos Estados Unidos e na Europa. Seu caminho, no entanto, não fluiu com a harmonia das partituras por ele interpretadas e o artista precisou se reinventar por múltiplas vezes. O inspirador curso da vida do instrumentista e maestro pauta o roteiro da coprodução do Canal Brasil com a LC Barreto, dirigida por Mauro Lima e estrelada por Alexandre Nero, Rodrigo Pandolfo, Alinne Moraes, Fernanda Nobre, Caco Ciocler e Davi Campolongo.

João (Davi Campolongo, na infância, Rodrigo Pandolfo, na vida adulta, e Alexandre Nero, mais próximo à terceira idade) possui um talento nato para o piano. Desde criança, ele impressiona Aida (Alice Assef), sua professora particular, com uma incrível habilidade. Percebendo que logo será superada pelo pupilo, ela o recomenda a José Kliass (Caco Ciocler), um professor conhecido por grande rigidez no tratamento com seus alunos. Com o novo tutor, tem início uma parceria de décadas responsável por elevar o jovem artista ao posto de um dos maiores instrumentistas do mundo. Em pouco tempo, ele começa a tocar em recitais lotados por grandes personalidades da música clássica como Heitor Villa-Lobos, Camargo Guanieri e Eleazar de Carvalho, e a encantar plateias nos Estados Unidos e na Europa.

Sua carreira caminha em andamento acelerado para o sucesso quando a primeira tragédia ocorre. O músico quebra o braço e sofre atrofia em três dedos depois de sofrer um acidente ao ser chamado para completar um treino de futebol realizado em Nova Iorque. Com os movimentos comprometidos, é obrigado a abandonar o piano, mas sua obsessão pela perfeição dá início a uma incrível história de superação. Apesar das enfermidades, ele encontra caminhos para continuar suas apresentações, desempenhando finalmente a posição de maestro.

Super Nada
Horário: Quarta, dia 31, às 21h
Classificação: 16 anos
Direção: Rubens Rewald, Rossana Foglia

Sinopse: São Paulo. Guto (Marat Descartes) é um artista de rua e aspirante a ator que sonha em um dia ser reconhecido pelo seu trabalho. Dedicado, ele pratica, se prepara e participa de todas as audições que pode, na espera que um dia a sorte chegue. Ele admira Zeca (Jair Rodrigues), um comediante que trabalha na TV e é idolatrado por muita gente, apesar de estar com a carreira decadente. Os dois se encontram quando Guto é convidado para uma audição no programa, mas o relacionamento com o ídolo não é bem como Guto esperava.

Divã
Horário: Quinta, dia 1 º, às 22h
Classificação: 14 anos
Direção: José Alvarenga Jr.

Sinopse: Mercedes (Lília Cabral) é uma mulher casada e com dois filhos que, aos 40 anos, tem a vida estabilizada. Um dia ela resolve, por curiosidade, procurar um analista. Aos poucos ela descobre facetas que desconhecia, tendo que contar com o marido Gustavo (José Mayer) e a amiga Mônica (Alexandra Richter) para ajudá-la.

Chapéu Estrelado
INÉDITO E EXCLUSIVO
Horário: Quinta, dia 1 º, às 18h
Classificação: 14 anos
Direção: Silvio Coutinho

Sinopse: Virgulino Ferreira da Silva, o Lampião, como ficou popularmente conhecido, é uma das figuras mais icônicas do sertão do nordeste brasileiro. O cineasta Silvio Coutinho traz um capítulo pouco conhecido da trajetória do cangaceiro nessa coprodução entre o Canal Brasil e a Locomotiva Cinema de Arte: a passagem do bando de pistoleiros pelo Rio Grande do Norte.

Lampião, aliado ao jagunço potiguar Massilon Benevides e ao poderoso Coronel cearense Isaías Arruda, tramaram a invasão da rica cidade de Mossoró, no Rio Grande do Norte, em 1927. O cineasta rodou mais de mil quilômetros para reunir depoimentos de pessoas que conviveram diretamente com Lampião. O filme percorre novamente a rota do cangaceiro por 13 dias e 16 cidades em uma jornada que começa no Ceará, passa pela Paraíba e finalmente desembarca no Rio Grande do Norte.

Cinemão: Nosso Lar
Horário: Sexta, dia 2, às 22h
Classificação: 10 anos
Direção: Wagner de Assis

Sinopse: Chico Xavier psicografou, em 1944, o relato do médico André Luiz em um dos textos da coleção “A Vida no Mundo Espiritual”. Na história, o clínico fala sobre os primeiros anos de sua vida em Nosso Lar, uma espécie de colônia onde espíritos se reúnem e trabalham antes de encarnarem novamente de volta à Terra.

Inspirado no best-seller de Chico Xavier, o filme remonta a narrativa de André Luiz, um médico bem-sucedido que, após sua morte, acorda no mundo espiritual. Ao abrir os olhos, ele percebe não estar mais vivo, mas surpreende-se por ainda ter sensações como fome, sede e frio. Ao seu redor, está o Umbral, lugar tenebroso, marcado por gritos e seres escondidos nas sombras, onde almas ficam para a purificação dos erros do passado. Ele permanece no local até não suportar mais, e, ao clamar por ajuda, é levado à Colônia Espiritual Nosso Lar. Seu novo universo é habitado por almas bondosas e iluminadas, já desvencilhadas de qualquer hábito mundano da vida encarnada. O médico começa então sua nova jornada de autoconhecimento, transformação e sabedoria.

Mostra Cine-Delas: Desenrola
Horário: Sábado, dia 3, às 22h
Classificação: 12 anos
Direção: Rosane Svartman

Sinopse: Olívia Torres, Lucas Salles, Kayky Brito e Claudia Ohana estrelam essa produção adolescente dirigida por Rosane Svartman. Priscila (Olívia Torres) é uma menina de 16 anos que se acha normal demais em comparação com as amigas. Ela aproveita uma viagem a trabalho de sua mãe e, sozinha em casa, decide dar um jeito em seu estilo careta. A primeira mudança planejada é uma atitude marcante na vida de qualquer pessoa: a perda da virgindade. Ela parece decidida a investir em Rafa (Kayky Brito), mas um passeio com os amigos vai mudar todas as suas expectativas com relação ao início da vida sexual.

Cone Sul: Clever
Horário: Domingo, dia 4, às 22h
Classificação: 10 anos
Direção: Federico Borgia e Guillermo Madeiro

Sinopse: Clever (Hugo Piccinini) é um instrutor de artes marciais com poucas perspectivas na vida. Ele ainda amarga o fim recente do seu casamento, leciona em uma academia mambembe para alunos de técnica questionável, frequenta noitadas sem grande sorte com as mulheres, abusa do vício em cocaína e tem uma relação de pouco afeto com o filho, Bruce (Santiago Aguero). Seu cotidiano tedioso o torna obcecado por um objeto improvável: a pintura do carro de um vizinho, ornado com chamas nas portas e no capô. Em um episódio violento, ele ameaça o dono do veículo e o obriga a lhe dizer o nome do artista responsável por estilizar o automóvel com as labaredas. Dessa forma, tem início a jornada do protagonista em busca do homem que pode tornar sua obsessão em realidade.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Post Bottom Ad