Home Top Ad

LIFETIME estreia o impactante filme 'Eu Sou Elizabeth Smart'

Share:

Lifetimes Movies estreia o impactante Eu Sou Elizabeth Smart. (Imagem/Divulgação)
Comprometido com um conteúdo que mostra a mulher poderosa do século XXI, o Lifetime se orgulha em exibir no dia 7 de fevereiro ás 22h para a América Latina, com exclusividade, a produção original Eu Sou Elizabeth Smart, narrada na tela pela própria Elizabeth, hoje com 30 anos. Essa impressionante história é um relato que aprofunda o que de fato aconteceu durante o sequestro da então adolescente de 14 anos, pelo fanático religioso Brian Mitchell, pela perspectiva da vítima.

Abordada aos 14 anos por Brian Mitchell, portando uma faca, a menina foi levada de sua cidade, Salt Lake City, para um acampamento nas montanhas, em junho de 2002. Lá, a mulher do sequestrador, Wanda Barzee, ajudou a manter Elizabeth presa durante nove meses. Em seu cativeiro, ela quase não recebia comida, era drogada e violada frequentemente, além de fazer parte de estranhos rituais religiosos, conforme revelou em 1ª de outubro de 2009. Um filme sobre esse crime brutal foi lançado pouco depois do sequestro, mas não retratou o verdadeiro sentimento que Elizabeth viveu.

Elizabeth teve a oportunidade de narrar ela mesma e produzir o filme Eu Sou Elizabeth Smart, para revelar como conseguiu sobreviver ao ataque atroz e esclarecer os dados errôneos que havia sobre o seu cativeiro.

No elenco, Skeet Ulrich (Riverdale, Jericho) como Brian Mitchell, Deirdre Lovejoy (The Blacklist, The Wire, The Post) dá vida a Wanda Barzee, cúmplice do sequestro, e Alana Boden (The Ride) interpreta Elizabeth.

Eu Sou Elizabeth Smart tem produção executiva de Steve Michaels, Jonathan Koch e Joan Harrison para Asylum Entertainment, e de Allison Berkley e Joseph Freed de Marwar Junction Productions. Barbara Lieberman e Tom Patricia também são produtores executivos, ao lado de Elizabeth Smart, que é a produtora.




Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.