Home Top Ad

Canal Brasil - Destaques da programação de 16 a 22 de abril

Share:

Destaques da programação Canal Brasil. (Imagem: Divulgação)
Conheça os destaques da programação do Canal Brasil de 16 a 22 de abril.

Diários da Floresta
Horário: SEGUNDA, DIA 16, ÀS 19H
Inédito
Classificação: 14 anos

Entre 1979 e 1983, a antropóloga e economista Betty Mindlin viajou seis vezes para Rondônia, para conviver com os índios Paiter Suruí. Isso aconteceu logo depois das primeiras incursões dos homens brancos na tentativa de civilizá-los. Seu envolvimento com a etnia e suas anotações de campo a levaram a escrever o livro “Diários da Floresta”, lançado em 2006, que inspirou o roteiro da série homônima. Em uma mistura de realidade e ficção, os cinco episódios, assinada por Luiz Arnaldo Campos e estrelados por Rita Carelli, têm índios da etnia Paiter Suruí no elenco. A série relata o cotidiano, a convivência, as relações sociais e políticas e os mitos relacionados à etnia, sob a visão de Mindlin. A protagonista é a antropóloga Cecy Brik, que passa por um processo de indigenização, ao mesmo tempo em que os índios sofrem o processo inverso, principalmente devido à atuação de religiosos na região. Os cinco episódios da série vão ao ar de 16 a 20/04, sempre às 19h.

Cecy Brik (Rita Carelli) é uma antropóloga interessada em estudar o comportamento dos Paiter Suruí. Por quatro anos, a pesquisadora fez viagens frequentes ao norte do país para viver com os nativos, em um movimento contrário aos objetos de seu trabalho; enquanto os indígenas passavam por um novo processo de colonização cultural, com homens brancos impondo seus valores à cultura local, a intelectual sente tornar-se um membro da comunidade. Memórias, fotos e recordações relatam o cotidiano dela ao lado dos indígenas, a convivência com seus costumes e as relações sociais traçada entre eles. Em uma visão apaixonada, a protagonista luta pelos direitos de demarcação de terras, enfrenta as tentativas de catequização de religiosos e vê sua própria trajetória misturada a de seus objetos de pesquisa.

Espelho – Djamila Ribeiro e Tatiana Nascimento
Horário: SEGUNDA, DIA 16, ÀS 21H30
Inédito
Classificação: Livre

Espelho chega à 13ª temporada sob o comando de Lázaro Ramos mantendo a premissa de discutir assuntos e revelar personalidades brasileiras. O programa tem compromisso com a reflexão de temas presentes na pauta da atualidade, através de bate-papos intimistas. Segundo o próprio ator, que segue à frente da atração como idealizador e apresentador, as entrevistas da nova temporada serão mais contundentes, em uma tentativa de entender o momento conturbado do país. O intérprete conduz as conversas – e assina a direção geral da série.

As discussões são em torno dos mais variados temas que movem o pensamento e a diversidade cultural brasileira. Lázaro recebe a nutricionista e apresentadora de televisão Bela Gil; os atores Silvio Guindane, Fernanda Torres; Andrea Horta, Debora Falabella, Monica Iozzi e Cacau Protásio; os músicos Caetano Veloso, Maria Rita e Di Melo, os escritores Nilton Bonder, Augusto Cury e Ana Maria Gonçalves, e as ativistas sociais Djamila Ribeiro e Tatiana Nascimento.

Neste episódio: A filósofa Djamila Ribeiro e a poetisa Tatiana Nascimento falam sobre o livro “O que É Lugar de Fala?” e a Padê Editorial, seus respectivos projetos, e temáticas sensíveis ao feminismo negro.

Eletrogordo – Sorín
Horário: SEGUNDA, DIA 16, À 0H
Reprise
Classificação: 14 anos

Vocalista da banda punk Ratos de Porão, João Gordo fez história nos palcos com suas letras anárquicas e apresentações agressivas, e se aventurou no mundo da televisão, como anfitrião em programas cômicos, como talk shows politicamente incorretos. Sob direção de André Barcinski, o apresentador conduz a segunda temporada de sua atração no Canal Brasil num cenário que é uma oficina de eletrodomésticos velhos.

Neste episódio: João Gordo recebe em sua oficina o ex-jogador e comentarista Sorín. Ídolo do Cruzeiro, o argentino fala sobre a rivalidade entre Pelé e Maradona, sua dedicação à memória do futebol e a paixão argentina por Rock.

Cidade Partida – O Feminismo se tornou um movimento radical?
Horário: TERÇA, DIA 17, ÀS 21H
Inédito
Classificação: 16 anos

José Júnior, Elisa Lucinda e Luis Erlanger em uma mesa-redonda para debater assuntos polêmicos em voga no país atualmente. Todo episódio traz um tema recorrente na mídia e nas redes sociais. Dois convidados de opiniões contrárias dissertam sobre seus pontos de vista em questões como delação premiada, apropriação cultural, pena de morte, acolhimento de refugiados, adoção por parte de casais homossexuais, arte urbana, identidade de gênero e feminismo.

Neste episódio: Maria Lucia Karam, juíza aposentada, e Vanessa Berner, professora de Direito da UFRJ, debatem sobre o papel do feminismo, sua multiplicidade e a representatividade feminina nas esferas de poder.

Bipolar Show – Mariana Lima
Horário: TERÇA, DIA 17, ÀS 21H30
Reprise
Classificação: 14 anos

Uma nova temporada crua e essencial, diretamente das ruínas do Cassino da Urca e do campus da UFRJ.

Neste episódio: Michel Melamed e Mariana Lima transitam entre o amor, a euforia, a raiva e o tédio. Juntos, ajudam estudantes da UFRJ a “soltar a trava” em frente às câmeras. Roy David Frankel declama “Tema” e “Família”.

Transando Com Laerte – Fernando Alves Pinto
Horário: TERÇA, DIA 17, À 0H
Reprise
Classificação: 12 anos

Laerte Coutinho é uma das mais irreverentes e provocantes figuras da cultura brasileira. A cartunista transgênero é referência artística quando o assunto é criar personagens politicamente incorretos e de humor ácido, desenvolvidos em pequenas frases. Saindo do mundo das tirinhas e embarcando ao universo da televisão, a chargista retorna ao Canal Brasil para investigar temas contemporâneos a partir de entrevistas com os mais diversos convidados, entre atores, músicos e companheiros de profissão.

Neste episódio: Laerte recebe o ator Fernando Alves Pinto. O convidado fala sobre o acidente que o deixou em coma, como encarou a experiência de quase-morte e o papel da música em sua reabilitação.

A Arte do Encontro – João Miguel
Horário: QUARTA, DIA 18, ÀS 21H30
Reprise
Classificação: Livre

Tony Ramos recebe convidados para um encontro intimista, onde há apenas os envolvidos e uma pequena mesa. Ele abre a conversa em torno de histórias de vida, infância e família, entremeadas por trajetórias profissionais. Entre as entrevistas, o apresentador faz leituras de trechos de livros relacionados à personalidade participante.

Neste episódio: Tony Ramos recebe o ator João Miguel. O convidado fala sobre a representação como forma política de se posicionar. Juntos, eles realizam leitura dramatizada de “Camaleão na Lua”, de Maria Clara Machado.

Pornolândia – A realidade virtual e o sexo: deu match?
Horário: QUARTA, DIA 18, À 0H
Reprise
Classificação: 16 anos

A musa da pornochanchada Nicole Puzzi, reúne convidados de diversos ramos dentro do universo do entretenimento adulto. A direção é de Roy Rufião, conhecido por produzir filmes eróticos nada convencionais.

Neste episódio: Nicole Puzzi recebe o empreendedor Caco Idiart. Especialista em gamificação, o convidado fala sobre as tecnologias de realidade virtual aplicadas ao mundo do sexo e especula o futuro deste mercado.

O País do Cinema – O Quatrilho
Horário: QUINTA, DIA 19, ÀS 21H30
Reprise
Classificação: 14 anos

Na segunda temporada, Fabiula Nascimento volta à função de apresentadora conversando com realizadores do cinema nacional sobre clássicos e filmes recém-lançados. Mas agora, conta ela, o papo será bem menos técnico do que no primeiro ano. “Nosso filho cresceu. A primeira experiência é sempre no escuro, não sabíamos como o público ia receber, como eu me sairia. Foi uma tentativa de todos nós e foi difícil porque era uma temporada bastante técnica, com pouquíssimos atores. Agora, fomos mais para o processo de feitura do filme, para a memória emotiva”, explica Fabiula.

São 26 episódios dirigidos por Marcello Ludwig Maia e Gigi Soares. Fabiula recebeu seus entrevistados num estúdio dentro da Fundição Progresso na Lapa, Rio. O cenário, elaborado por Batman Zavarese, faz projeções com uma leitura própria sobre cada filme. A trilha sonora é de Jorge Du Peixe, vocalista da banda Nação Zumbi.

Neste episódio: “O Quatrilho”, de Fábio Barreto, é um marco da retomada do cinema brasileiro nos anos 1990. Os produtores Luiz Carlos e Lucy Barreto falam sobre gravar no Sul e a importância da regulação na indústria do cinema.

Nasi Noite Adentro – O Fotógrafo
Horário: QUINTA, DIA 19, À 0H
Reprise
Classificação: 14 anos

Os mistérios, segredos e personagens mais excêntricos da noite paulistana estão de volta ao Canal Brasil. Na nova temporada do programa comandado pelo vocalista do Ira!, o público acompanha as aventuras do anfitrião por lugares ainda mais inusitados da maior metrópole da América Latina.

Neste episódio: Responsável pelos primeiros registros de grupos de rock dos anos 1980 em São Paulo, o fotógrafo Rui Mendes comenta o surgimento desta cena musical e seu trabalho com a velha guarda do samba de São Paulo e Rio.

Pausa pro Café – o mais barulhento silêncio
Horário: SEXTA, DIA 20, ÀS 21H
Inédito
Classificação: 16 anos

O ator Humberto Carrão apresenta premiados curtas-metragens que tiveram berço nas faculdades nacionais e entrevista seus respectivos diretores. Com cada vez mais espaço em salas de exibição, e cursos conquistando importância na graduação de Comunicação Social, uma nova geração de cineastas nasce das carteiras das salas de aula para ganhar o mundo da sétima arte.

Sob direção de Marcelo Velloso, a segunda temporada da série busca descobrir as motivações de cada cineasta. Muitos dos filmes exibidos surgiram como projetos de conclusão de curso ou até mesmo trabalhos para uma matéria da grade curricular. Com orçamentos mínimos, recursos limitados e tempo de produção escasso – já que os alunos tinham diversas matérias a serem finalizadas –, o programa registra como o principal fator para um cinema bem feito é ter uma boa história para contar.

Neste episódio: Humberto Carrão recebe Marccela Moreno para um bate-papo sobre o filme “O Mais Barulhento Silêncio”. A diretora comenta a preparação do elenco e a relação do filme com as campanhas contra a violência sexual.

O Som do Vinil – Fortaleza, Cidadão Instigado
Horário: SEXTA, DIA 20, ÀS 21H30
Reprise
Classificação: Livre

Charles Gavin continua, no décimo-primeiro ano da série, sua investigação sobre a história da música nacional. Sob direção de Gabriela Gastal, Gavin entrevista algumas das mais importantes personalidades do ramo para lembrar curiosidades e bastidores de discos fundamentais da história do cancioneiro brasileiro.

Neste episódio: Charles Gavin recebe membros do grupo “Cidadão Instigado” para um bate-papo sobre o disco “Fortaleza”, lançado em 2015. Os convidados falam sobre suas influências e a busca constante por inovação.

302 – Rute
Horário: SEXTA, DIA 20, À 0H
Reprise
Classificação: 14 anos

Fotógrafo consagrado pelo olhar perspicaz e retratos impactantes em preto e branco, Jorge Bispo traz novamente para o Canal Brasil, em sua quarta temporada, um de seus projetos mais ousados. Em seu próprio apartamento ele recebe 26 mulheres comuns que toparam tirar a roupa à frente de sua câmera. Longe dos rígidos padrões de beleza estabelecidos pelas celebridades por ele já clicadas, cujas fotos estamparam capas das principais publicações do país, Bispo traz à tela uma iniciativa artística e minimalista.

Neste episódio: Rute superou dificuldades que vão do abuso na infância à violência do ex-marido. Após uma mudar radicalmente sua vida por um problema de saúde, ela acredita no ensaio como forma de autoafirmação.

Faixa Musical – Especial Sangue Latino – Tanto Mar – Pedro Jóia
Horário: SÁBADO, DIA 21, ÀS 18H
Reprise
Classificação: Livre

Apresentado por Roberta Sá, o programa traz o responsável pela trilha sonora da sexta temporada do programa Sangue Latino, o português Pedro Jóia, de volta ao universo da série em uma apresentação intimista.

Cinejornal
Horário: SÁBADO, DIA 21, ÀS 21H
Inédito
Classificação: Livre

O Cinejornal é um programa semanal, apresentado por Simone Zuccolotto, no qual é pautado o melhor do cinema brasileiro.

Bonde do Zé – Juca Kfouri
Horário: DOMINGO, DIA 22, ÀS 21H30
Inédito
Classificação: Livre

José Trajano estreia no Canal Brasil com uma série de bate-papos divertidos com personalidades da cultura brasileira no esporte, na política, música e literatura, sob direção de Pedro Asbeg.

Neste episódio: José Trajano recebe Juca Kfouri. O jornalista relembra a derrota do Brasil em 1982, comenta os diversos processos que recebeu de cartolas do futebol ao longo da carreira e critica a elitização nos estádios.




Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.