Home Top Ad

Mesmo com poucos jogos, finais da NBA registram maior audiência da história na ESPN

Share:

 finais da NBA registram maior audiência da história. (Imagem: Divulgação)
As finais da NBA nesta temporada 2017/2018, mais uma vez transmitidas com exclusividade pela ESPN, bateram recordes históricos de audiência, com média 23% superior às partidas das finais do ano passado¹. Os fãs de esportes comprovaram que a NBA está entre as ligas de maior interesse do portfólio da ESPN, marca que exibe mais de 20 modalidades esportivas no Brasil.

"É gratificante acompanhar o crescimento da NBA no Brasil e saber que a ESPN colaborou muito neste processo, sendo parceira da liga no mercado brasileiro há mais de 25 anos. É motivo de orgulho para a ESPN perceber a identificação dos fãs de esportes com a nossa equipe e conteúdo, seja na TV ou no digital", destaca German Hartenstein, diretor geral da ESPN no Brasil.

O Golden State Warriors superou o Cleveland Cavaliers por 4 a 0 na decisão da NBA, placar que não se repetia desde 2007, quando o San Antonio Spurs ganhou todas as partidas da série decisiva também diante da equipe de Cleveland que contava com LeBron James em seu início de carreira. A segunda partida das finais, no dia 03 de junho, registrou o pico de audiência da série e consequentemente o maior número de um jogo da maior liga de basquete do mundo no mercado brasileiro.² 

Em mais um ano a ESPN esteve com equipe in loco para a transmissão das finais da NBA. Com seu estilo marcante e irreverente, Rômulo Mendonça narrou a 'varrida' do Golden State Warriors sobre o Cleveland Cavaliers diretamente dos Estados Unidos. Conhecido pelo trabalho na NFL, Paulo Antunes esteve ao lado de Rômulo Mendonça pela primeira vez para comentar uma partida da NBA in loco e o repórter José Renato Ambrósio produziu material e entrevistas exclusivas com os jogadores dos Warriors e Cavaliers.

A ESPN segue com os direitos de transmissão da NBA garantido para a próxima temporada, mantendo a exclusividade das finais. A liga retorna no mês de outubro e a ESPN exibirá mais de 170 partidas até o mês de junho de 2019.




Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.