Home Top Ad

TV Brasil estreia série de ficção "Mauani, o silêncio de Maria" nesta quarta

Share:

(Imagem/Divulgação TV Brasil)
A relação de amizade entre avó e neta é o mote para a série independente "Mauani, o silêncio de Maria" que a TV Brasil estreia nesta quarta (29), às 21h15.

Em cinco episódios de 26 minutos, a trama acompanha a história de Maria, uma idosa descendente de índios que compartilha com sua neta surda-muda um caderno de memórias escrito durante vários anos. Voltada ao público adulto, a obra também será exibida aos domingos, às 18h30.

Com a jovem surda-muda, a narrativa abre espaço para refletir sobre a questão da acessibilidade. Além dos personagens, que se comunicam em libras, a língua brasileira de sinais, a produção tem audiodescrição com o propósito de incluir deficientes visuais e auditivos.

Inédita no canal, a produção da MilAcre Filmes foi selecionada pelo Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Audiovisual (Prodav/TVs Públicas). A TV Brasil é o canal que mais exibe conteúdo nacional independente em sinal aberto de acordo com a Agência Nacional do Cinema (Ancine).

Segundo o Informe de Acompanhamento do Mercado de TV Aberta, estudo divulgado pela Ancine, em 2016, a emissora pública exibiu mais de 1.162 horas de programação destinadas ao segmento.

Filmada nas zonas urbana e rural de Rio Branco, a série "Mauani, o silêncio de Maria" faz parte de uma sequência de produções do Prodav/TVs Públicas que que aborda os silêncios profundos presentes nas relações sociais. A proposta é rever a violência de uma história de mais de 350 anos de escravidão que afligiu o Brasil.

Enredo

Após o enterro do marido, o negro Chicão, Maria decide compartilhar suas experiências de vida com a neta surda-muda através do conteúdo de um caderno. Os cinco episódios da trama recordam as memórias de Maria.

A história resgata desde sua infância vivida numa aldeia indígena dizimada por correrias, passando por um cativeiro no barracão do seringal, até a vida adulta numa colocação de seringa na companhia de Chicão.

O aprendizado solitário do alfabeto e das operações básicas da matemática foram o mais importante para ela. Esse conhecimento possibilitou ajudar no controle das economias de seu marido e, ainda, desenvolver sua mania de escrever sobre sua vida.

Durante a trama da série, Maria narra para a neta todo sofrimento que ela, a família e muitos outros trabalhadores sofreram no interior dos seringais.




Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.