Home Top Ad

Canal Brasil estreia "502", programa em que Jorge Bispo aborda a nudez masculina

Share:

(Imagem/Divulgação Canal Brasil)
Em 2014, o fotógrafo Jorge Bispo transformou o seu projeto para a internet, o “Apartamento 302”, em um programa de televisão, o “302”, exibido no Canal Brasil. De lá pra cá, foram três temporadas em que Bispo recebeu mulheres comuns para se despirem (no sentido mais amplo da palavra) em frente à sua lente – e às câmeras de TV. Em 2018, o fotógrafo trará novidades para as telas: além da nova temporada de “302”, que estreou em junho, a partir de 28 de setembro, vai comandar o “502”, programa que explora a nudez masculina.
Assim como no “302”, a relação com corpo é um tema bastante presente no “502”. Mas assuntos como racismo, masculinidade, virilidade, sexualidade e, claro, tamanho do pênis, também entram em questão quando homens tiram a roupa. Quanto ao ato de despir-se, Bispo afirmou que os caras o fazem de forma bastante semelhante às mulheres: “Venho me surpreendendo com como não faz muita diferença. Mesmo com o tabu do tamanho do pênis, masculinidade e etc. Vi que existem homens com perfis variados assim como acontecia com as mulheres. Não consigo identificar uma característica própria dos homens nesse aspecto”, conta.
Enquanto nas mulheres fotografadas para o “302”, liberdade e autoconhecimento apareciam entre os principais motivos para embarcar no projeto, para os homens os motivos são mais variados: o desafio, vaidade, afirmação perante a sociedade de sua sexualidade. O programa contará com a participação de um personagem trans que deixa bem clara sua motivação para estar ali: se reconhecer e se afirmar como homem.
A série será dirigida por Helena de Castro e terá a direção de fotografia assinada por Julia Equi. Matheus VK compôs a trilha original da abertura. 




Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.