Home Top Ad

National Geographic e ViaQuatro promovem a exposição "Se faz mal pro planeta, faz mal pra você"

Share:

(Imagem/Divulgação Natgeo)
A National Geographic, uma marca global que incentiva o conhecimento por meio da exploração e da ciência, e a ViaQuatro, concessionária responsável pela operação e manutenção da Linha 4-Amarela de metrô, levam para os passageiros da linha a exposição “Se faz mal pro planeta, faz mal pra você”. 

A mostra, que tem como objetivo conscientizar a população sobre o impacto causado pelo uso dos canudos plásticos no meio ambiente, estará em exibição entre os meses de setembro e novembro nas estações Oscar Freire, Higienópolis-Mackenzie e Luz.

Simbolicamente, a exposição traz fotos de pessoas no cotidiano como se estivessem fumando, com canudos no lugar de cigarros. Para assinar a intervenção artística, a National Geographic convidou a brasileira Luisa Dörr, que já fotografou também as 46 mulheres mais influentes do mundo para o projeto “Firsts” da revista Time.

“Usar por alguns minutos algo que vai ficar por anos na natureza não faz sentido. E queremos mostrar através dessa exposição, totalmente conectada com os valores da National Geographic ao redor do mundo, que, ao fazer mal para o nosso planeta estamos, fazemos mal para nós mesmos” disse Alex Mendes, Head de Soluções Criativas da National Geographic Partners na América Latina.

O plástico descartável ajudou a revolucionar a maneira como vivemos mas, hoje, gera milhões de toneladas de resíduos que chegam aos oceanos e afetam os ecossistemas marinhos.

Estima-se que todo ano ao redor de 9 milhões de toneladas de dejetos plásticos acabam no oceano, e podem permanecer ali 450 anos.

Ou seja, um simples canudo plástico pode demorar em média 450 anos para se decompor, gerando impactos irreversíveis à natureza. Por exemplo, atualmente, as espécias marinhas estão ingerindo microplásticos e os cientistas continuam estudando o tema para compreender a fundo o impacto que isso tem na cadeia. Hoje, a National Geographic estima que a situação afete 700 espécies de animais marinhos, incluindo muitos em perigo de extinção, que ingerem ou se asfixiam com o plástico.

A campanha “Planeta ou Plástico?” é um chamado de alerta a toda a população para tomar medidas de maneira urgente. O problema está aí e afeta a todos nós. Uma mudança de comportamento pode ter um verdadeiro impacto positivo: vamos escolher o planeta.




Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.