Home Top Ad

Cantora Karina Buhr debate feminismo no programa Estação Plural da TV Brasil

Share:


Feminismo. Este é o tema do bate-papo da cantora e compositora Karina Buhr com o trio de apresentadores do programa Estação Plural, que vai ao ar na quarta-feira, dia 28, às 22h15, na TV Brasil. A artista conta para os apresentadores Ellen Oléria, Mel Gonçalves e Fefito que dedicou "Selvática", seu terceiro disco autoral, a “toda guerreira que existe dentro da gente”.

Nascida em Salvador e criada no Recife, Karina se define como multifacetada. Ela também é percussionista, ilustradora, escritora e atriz. Conhecida por sua performance intensa nos palcos, a artista denuncia a estética do corpo perfeito, polêmica que a envolveu por causa da capa de seu álbum.

"É muita regra que define como deve ser o corpo, né. Se você tem peito pequeno, você tem que botar silicone, mas também se você bota silicone, você é a siliconada. Então, tá tudo sempre ruim né? É feito de um jeito que é pra gente estar sempre desconfortável”, diz.

No primeiro bloco, o trio de apresentadores conversa com a cantora sobre as agressões que a mulher sofre. Eles lembram que na grande maioria das vezes o assédio acontece na própria residência e é feito por companheiros e ex-namorados. Karina e os apresentadores discutem porque muita vezes a responsabilidade cai em cima da mulher quando ela é atacada. 

Durante o programa, Karina destaca como a mulher pode demonstrar sua força e reagir com denúncia, coragem e conhecimento. A autodefesa é o assunto em pauta no segundo bloco. "As mesmas coisas que te deixam fraco te deixam forte. O que é para te derrubar te fortalece", afirma. 

No terceiro bloco, Karina reflete sobre o suicídio. Entre a população trans, os números são alarmantes. O programa traz o depoimento da trans Renata Peron que organizou recentemente o seminário "Suicídio da População Trans: Limites entre Vida e Morte". Também entrevista a antropóloga Rita Segato.




Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.