Home Top Ad

No Viralizando da TV Brasil, destaca o trabalho da comunicação comunitária

Share:



O programa Viralizando aborda o poder transformador da comunicação comunitária nesta sexta (30), às 21h15, na TV Brasil. O apresentador Alan Ribeiro recebe Rene Silva que conta a origem da ONG "Voz das Comunidades".

Idealizador da iniciativa, Rene Silva é comunicador comunitário e diz quais são as premissas do jornal que criou em 2005. Protagonismo juvenil, prestação de serviço e ativismo digital estão entre as prioridades. Ele conta que o veículo de comunicação busca, também, mostrar o que ocorre de bom no cotidiano dos moradores além de denunciar os problemas das favelas.

Rene Silva criou o jornal aos 11 anos. Hoje, com 24, ele conquistou um prêmio internacional ao ser consideradoum dos 100 jovens negros com menos de 40 anos mais influentes do mundo. O reconhecimento foi concedido recentemente pela organização Mipad (Most Influential People of African Descent) em Nova York.

Na entrevista para Alan Ribeiro no Viralizando, Rene Silva detalha ainda a lógica do trabalho de jornalismo comunitário e participativo que desenvolve nas favelas e explica sua atuação como editor-chefe do projeto "Voz das Comunidades".

Em treze anos, o jornal cresceu. Hoje, as notícias ganham visibilidade em diversas mídias: portal, canal no Youtube, Twitter e Facebook. O propósito é apresentar as principais informações das comunidades do Rio de Janeiro. Produzido por moradores das favelas, o veículo leva notícias para toda a população que reside nas regiões carentes do Rio e fora delas.

Origem do jornal "Voz das Comunidades"

O projeto de jornalismo comunitário surgiu em 2005, época em que a mídia tradicional não mostrava o que existia de bom nas favelas nem denunciava os verdadeiros problemas sociais que os moradores de regiões pobres enfrentam no cotidiano.

Naquele contexto, o jovem Rene então com 11 anos de idade, aluno de uma escola municipal, decidiu criar um jornal para a comunidade do Morro do Adeus, uma das 13 que formam o Conjunto de Favelas do Alemão.

A ideia do garoto surgiu após participar da equipe de um jornal do colégio. Com energia e vontade de fazer a diferença, a proposta de Rene era revelar tudo o que acontecia na sua comunidade.

Ainda na adolescência, aos 17 anos, Rene Silva passou a ser um nome mais conhecido no Rio. Pelo Twitter, ele publicou os primeiros registros da operação do Complexo do Alemão pelas Forças Armadas em 2010. O rapaz postou as primeiras informações sobre a ocupação na página do jornal "Voz das Comunidades".

A partir daí, Rene se mobilizou não só ao compromisso de informar sua vizinhança no Alemão, mas também assumiu a missão de levar a voz da favela para fora dos seus limites. Essa atuação humanitária do rapaz inspirou dezenas de jovens que se envolveram na iniciativa desde então.

Linguagem da internet, humor e elementos da cultura pop

O Viralizando busca ampliar o diálogo com o público jovem e trazer para a televisão o potencial de comunicação, negócios e humor da internet. Com estrutura flexível, cada episódio tem uma entrevista conduzida pelo humorista e roteirista Alan Ribeiro.

A proposta é mostrar a outra face dos youtubers e influenciadores digitais de sucesso na web com foco no empreendedorismo digital. Bom humor, conteúdo e toda a diversidade de quem está bombando nas redes formam um vasto mosaico de temas.

Esquetes e performances são explorados em conversas divertidas que revelam os bastidores desse universo. A linguagem da internet também ganha a telinha em quadros variados. O objetivo é ampliar a discussão dos temas levantados no estúdio para outros interlocutores.

A ideia é abordar conteúdos quentes das redes, agregar doses de humor nas edições e brincar com elementos da cultura pop e nerd. Se o conteúdo do Viralizando é sério e altamente relevante, a forma é bem-humorada, leve e dinâmica, como quase tudo o que se produz para a web.




Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.