Home Top Ad

'Um olhar sobre o mundo' da TV Brasil explica os vídeos falsificados por inteligência artificial

Share:

Imagem/Divulgação TV Brasil
A promessa inicial da internet era democratizar e agilizar  a transmissão do conhecimento no mundo. No entanto, cada vez mais, ela mostra também sua capacidade de se transformar em um veículo da desinformação. Em Um olhar sobre o mundo desta segunda-feira, dia 5,  Moisés Rabinovici entrevista o editor do portal de segurança da informação Cybersecurity, Paulo Brito, que  analisa os desenvolvimentos mais recentes nas campanhas de manipulação da opinião pública que tomaram conta do mundo online. Um olhar sobre o mundo vai ao ar às 21h45, na TV Brasil.

O maior reforço no arsenal da desinformação virtual é o “deepfake”, vídeo falso criado com a ajuda de inteligência artificial,  quase indistinguíveis de vídeos reais. Conforme explica Brito, esse tipo de programa captura uma imagem e gera outra simulando todos os movimentos da cabeça e dos lábios. Dessa forma, é possível criar um vídeo no qual o presidente americano Donald Trump, por exemplo, pode fazer qualquer tipo de pronunciamento oficial, inclusive uma declaração de guerra.

Brito lembra que o “deepfake” representa dois perigos. "É muito difícil afirmar que o vídeo deepfake não é verdadeiro. Ao mesmo tempo vai ser muito fácil afirmar que nenhum vídeo é verdadeiro”, afirma.  Essa ambiguidade abriria caminho para que políticos rebatam acusações mesmo quando há evidência em vídeo.

Além do “deepfake”, Rabinovici e Brito também discutem a zona oculta da “Dark Web” e os episódios de vazamentos de dados pessoais que têm se tornado mais comuns.




Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.