Home Top Ad

Bate-papo com ator Tonico Pereira encerra primeira temporada de Atos na TV Brasil

Share:

FOTO: Divulgação  TV Brasil
Com uma vasta carreira na televisão, teatro e cinema, o ator Tonico Pereira conta como o trabalho de ator transformou sua vida em entrevista inédita para o último episódio da primeira temporada da série Atos que a TV Brasil exibe neste domingo (24), às 20h30.
A descontraída conversa com um grupo de atores em formação mediados pelo professor e diretor Antonio Gilberto foi gravada na Casa das Artes de Laranjeiras (CAL), parceira da emissora pública no projeto.
"O trabalho como ator é fundamental. Ele me livrou de ser um louco completo, sem presente e sem futuro. Ele me conecta com o que há de melhor no mundo. Principalmente porque a minha interpretação, o meu foco é o ser humano na sua essência mais pura", reflete Tonico Pereira.
O comediante pondera sobre aspectos da sua arte de interpretação. "Eu foco muito nos defeitos. Acho que eles são mais importantes do que o acerto em relação ao trabalho do ator. Eu sou cheio de defeitos. Então tenho um know-how legal para lidar com o fato de atuar".
Personagens marcantes
Durante a sabatina, Tonico se declara um transgressor no que faz. Seguido pelo olhar ávido por conhecimento dos alunos, com questionamentos sobre artes cênicas, o experiente ator dá uma verdadeira aula de interpretação.
"Na verdade, eu sou inconsequente", dispara o artista com o humor que caracteriza sua personalidade. "Se eu pensasse de forma mais tranquila, eu não cometeria algumas atitudes, mas eu não consigo me segurar", afirma deixando um quê de ironia no ar.
Para Tonico, a arte de interpretar ultrapassa as fronteiras: não existe personagem mais ou menos. Com uma veia de humor forte, o artista mergulha com intensidade nos papéis que vivencia seja em séries, novelas ou filmes.
Ele recorda histórias de sua carreira e personagens marcantes da sua trajetória artística. Também fala das atividades que desenvolveu antes de se tornar ator e discorre sobre o que o motiva na vida.
Em mais de cinquenta anos de carreira, Tonico Pereira tem no currículo importantes peças teatrais, dezenas de filmes e papéis icônicos da televisão brasileira. Aos 70 anos, ele guarda lembranças de algumas dessas obras.
Destaque para a inesquecível interpretação do personagem Zé Carneiro na versão do "Sítio do Picapau Amarelo" dos anos 1970 e 1980. Mais recentemente, encarnou por vários anos o hilário Mendonça, da série contemporânea "A Grande Família".
Último entrevistado da temporada de estreia da série Atos, produzida pela TV Brasil com a CAL, Tonico Pereira ainda é homenageado pelos estudantes-atores. Eles apresentam a performance de uma cena da peça "Os sete gatinhos", de Nelson Rodrigues, na qual Tonico defendeu o personagem "Seu Noronha".
Quadros estimulam a criatividade
A dinâmica de Atos cria um ambiente propicio para uma conversa informal e pequenos jogos teatrais que são apresentados com naturalidade nos quadros do programa. Nomes consagrados da cena artística nacional abrem o coração e revelam histórias e acontecimentos que marcaram suas carreiras.
Durante o papo de cada edição, os artistas interagem com os alunos e o mediador em quadros diversos. O principal consiste na reprodução de uma cena famosa de alguma peça, filme, série ou novela que o convidado participou ou dirigiu. Após os estudantes recriarem aquela ação dramatúrgica, o artista comenta a experiência.
Em outro quadro, o convidado ensina algum exercício respiratório, vocal ou de concentração que costuma fazer antes de atuar. O artista sugere uma atividade de preparação teatral, explica o funcionamento da técnica e como essa prática o ajuda a entrar em cena.
A indicação de um livro, peça ou filme que tenha marcado sua trajetória é mais uma das sequências do programa. Um outro quadro traz comentários sobre uma personalidade que inspirou o convidado e tenha influência em sua carreira.
Além de construir um perfil do artista, a proposta desses quadros intercalados na entrevista é despertar o interesse do telespectador por obras e personalidades que ele ainda não conheça.
Um dos momentos que mais criam expectativa em Atos é o jogo de cena. Nesse quadro da atração, o artista conta uma história que o público não sabe se é verídica ou fictícia.
A resposta com a versão completa do relato entra no ar em um vídeo publicado no site do programa na página da TV Brasil após a exibição do episódio. Na internet, o público descobre se a história é real ou inventada. O site fica em: http://tvbrasil.ebc.com.br/atos.