Home Top Ad

Canal BIS estreia série "Videoclipers" nessa quinta-feira

Share:

Crédito: Lumos Estúdio / Divulgação Canal BIS
Após “A Volta ao Mundo em 80 Videoclipes”, programa exibido pelo Canal BIS no ano passado, o casal de filmmakers Diana Boccara e Leo Longo volta à estrada para filmar uma nova série de clipes, dessa vez apenas com bandas brasileiras. Com estreia marcada para essa quinta-feira, dia 30 de maio, “Videoclipers” vai mostrar, em oito episódios, os bastidores, as curiosidades e os desafios das gravações de 16 clipes em plano sequência, a custo zero, com bandas e artistas no Brasil, como Alceu Valença, Dona Onete e banda Dingo Bells. 

No primeiro episódio, a série mostra como foi o processo de criação e gravação do clipe da música “Nas Asas de um Passarinho”, de Alceu Valença, pela pacata e colorida Rua São Bento, em Olinda (PE). “Percebemos que nada seria mais bonito do que deixar toda atenção do clipe para o Alceu cantando enquanto nos convida para voar com ele pelas cores de Olinda, com a leveza e liberdade de um passarinho. Nossa ideia está totalmente sustentada nesse sentimento e o clipe ficou lindo. Somos grandes fãs de Alceu e criar um clipe com ele foi um dos grandes momentos da série e de nossas vidas”, contam Diana e Leo. O casal filmou ainda o clipe “Cavalo Marinho”, do cantor Barro, inspirado em um movimento cultural tradicional de Pernambuco.

Já no segundo episódio, a série desembarca em Belém para gravar com dois artistas locais: Dona Onete e Felipe Cordeiro. Para o clipe de “Carimbó Arrepiado”, da Dona Onete, Diana e Leo pensaram em uma forma de homenagear a história da cantora através de um teatro de marionete. Entre os desafios enfrentados nesta gravação, o maior deles foi encontrar uma marionete para protagonizar o clipe. “Buscando na internet, descobrimos um único marionetista em Belém e, para nossa surpresa, tinha pronta uma marionete da Dona Onete há 5 anos, que estava guardada numa gaveta em sua oficina. Foi incrível”, relatam.

Além de Recife e Belém, “Videoclipers” passa ainda por Goiânia, Belo Horizonte, São Paulo, Curitiba e Porto Alegre. Dentre as curiosidades, a série mostra como foi criar uma grande festa como cenário para o clipe “Comida Amarga”, da banda “Carne Doce”; gravar em um set de dança com mais de 60 pessoas, em um calor de 40ºC, para o clipe da banda Dingo Bells; e realizar uma aula de carimbó à lá anos 80, inspirada nos vídeos de Jane Fonda e nos tutoriais de fitdance do Youtube, para o clipe “Onde É Que Eu Vou Parar”, de Felipe Cordeiro. 

"Assim como foi durante nossa volta ao mundo, o maior desafio dessas gravações é conseguir envolver bandas e uma rede de colaboradores locais para filmar cada clipe. Como a ideia é não ter dinheiro envolvido, sobra espaço para vivermos as experiências mais incríveis e profundas de relacionamento e colaboração entre as pessoas”, contam Diana e Léo.

No dia da estreia, dia 30 de maio, o Canal BIS irá disponibilizar no BIS Play e nas plataformas on demand das operadoras todos os oito episódios da temporada de uma vez só. No BIS Play, o primeiro episódio ficará aberto para não-assinantes para degustação por um mês.