Home Top Ad

"Mesa Para Todos", documentário sobre o Reffetorio Gastromotiva, estreia no GNT

Share:

Divulgação GNT
Dia 28 de outubro, às 23h30, estreia “Mesa Para Todos” no canal GNT, uma coprodução Maria Farinha Filmes e GNT. O documentário é resultado do encontro de dois chefs: David Hertz, chef, empreendedor social e fundador da Gastromotiva; Massimo Bottura, eleito melhor chef do mundo à frente do restaurante italiano Osteria Francescana e fundador da Food for Soul; e Alexandra Forbes, jornalista e curadora gastronômica.

Bottura, que neste ano fez parte do Best of The Bests, grupo com sete restaurantes eleitos como melhores do mundo consecutivas vezes, partilha do mesmo sonho de Hertz: garantir acesso a comida de qualidade a todos que passam fome. A partir deste desejo, fundaram o Refettorio Gastromotiva ao lado da jornalista e curadora gastronômica, Alexandra Forbes. “Mesa Para Todos” traz entrevistas e imagens captadas ao longo do lançamento do Refettorio Gastromotiva, durante as Olimpíadas do Rio, em 2016. Refettorio vem do latim Reficcere, que significa resgate. Neste caso, tanto do ingrediente quanto da dignidade humana. "Todo esse processo ensinou a todos nós como tornar sonhos em realidade. Hoje, três anos após o lançamento, o poder da intenção e a capacidade de resiliência de toda equipe da Gastromotiva mantém o Refettorio Gastromotiva aberto e, diariamente perseguimos o aprofundamento do impacto causado neste laboratório de inovação e tecnologia social”, afirma David Hertz. Dessa forma, joga luz sobre a promoção da inclusão social, educação nutricional, combate à fome e ao desperdício de alimentos.

É desse encontro de pessoas e entidades, cujo objetivo é gerar impacto por meio de ideias transformadoras, que nasce este projeto. O Refettorio Gastromotiva, apresentado no filme, é um restaurante escola, cujos pratos, durante o período das Olímpiadas do Rio de Janeiro, foram elaborados pelos melhores chefs do mundo, como Alain Ducasse, Mauro Colagreco, Virgilio Martinez, Micha, Kamila Seidler e Manu Bufara, junto a alunos da Gastromotiva utilizando apenas alimentos que seriam desperdiçados a despeito de estarem em perfeito estado para consumo. Atualmente, o serviço de salão fica a cargo de voluntários que se inscrevem para viver a experiência. “Combate ao desperdício, educação, empoderamento de jovens e dignidade para todos. Por meio deste filme, nossas organizações pretendem inspirar novas gerações a criarem pontes entre realidades que são aparentemente separadas, mas que são parte de uma mesma sociedade.” completa David Hertz.