Home Top Ad

Profissionais de saúde conversam sobre atendimento humanizado no Sem Censura de sexta, Dia do Médico

Share:

Divulgação TV Brasil
Em homenagem ao Dia do Médico, o Sem Censura de sexta-feira (18) na TV Brasil ás 17h, recebe o geriatra Rodrigo Serafim, que atua à frente da unidade de terapia intensiva (UTI) do hospital Copa D’Or, no Rio de Janeiro, para um papo sobre as tensões do dia a dia nessa profissão. Com mais de 100 mil seguidores nas redes sociais, o fisioterapeuta e estudante de medicina Fred Inácio bate um papo sobre atendimento humanizado e racismo no ramo da saúde. E o engenheiro de produção Felipe Treistman conta sobre sua experiência junto à organização Médico Sem Fronteiras (MSF).

Em setembro de 2018, um vídeo publicado por Fred Inácio viralizava na internet: uma senhora de 74 anos se emocionava ao dizer que estava sendo atendida por um médico negro pela primeira vez. O estudante voltou a sensibilizar pessoas meses depois, com uma postagem em que aparece atendendo um casal de surdos por meio de LIBRAS, a linguagem brasileira de sinais. Inácio, para quem a empatia e o amor são essenciais ao profissional de saúde, conversa sobre atendimento humanizado, desigualdade e racismo na área da saúde.

Supervisor médico da UTI do hospital Copa D’Or, Rodrigo Serafim explica como profissionais de saúde que atuam em emergência trabalham o próprio estresse e como é a preparação dos profissionais de UTI. O médico ainda revela de que forma lidam com a dor e a angústia de familiares dos pacientes.

O engenheiro Felipe Treistman conta como foi deixar o emprego em um escritório convencional de uma grande cidade para trabalhar em campos de refugiados. Gerente de logística hospitalar dos MSF, Treistman não só relata suas experiências e motivações, mas o desafio de se construir hospitais em locais remotos e com pouca infraestrutura.

O Dia do Médico é celebrado em 18 de outubro no Brasil e em diversos países, como Portugal, Espanha, Itália, Bélgica, Polônia e Inglaterra. A data foi escolhida em alusão ao nascimento São Lucas, o santo padroeiro da Medicina e "protetor dos médicos". 

Apresentado por Vera Barroso, Bruno Barros e Carol Rocha, o Sem Censura tem uma hora de duração e extensão de 15 minutos no Facebook. A interação com o público se dá via hashtag #semcensura no Twitter, Instagram e Facebook. O programa foi um dos primeiros da TV brasileira a abrir espaço para a participação dos telespectadores, em 1985.