Home Top Ad

Brasil Caipira estreia terceira temporada neste domingo na TV Brasil

Share:

Divulgação TV Brasil
Para marcar a estreia da nova temporada do programa Brasil Caipira, a produção musical da TV Brasil reúne tradicionais representantes do gênero neste domingo (24), às 9h, na telinha da emissora pública.

Ao valorizar a cultura sertaneja de raiz, a proposta da atração é enaltecer o orgulho de ser caipira, resgatar clássicos da moda de viola com artistas experientes e dar oportunidade aos novos talentos de todo o país.

Nessa edição comemorativa, o apresentador Luiz Rocha recebe as duplas Divino & Donizete, Pardalzinho & Abeni e Zelão & Raí. O anfitrião tem um dedo de prosa combinado com muita cantoria no primeiro programa da terceira temporada do Brasil Caipira. A produção pode ser acompanhada no aplicativo EBC Play e também pela Rádio Nacional.

Conhecidos como "Os violeiros do Brasil", Divino & Donizete são irmãos e cantam juntos há mais de 50 anos. Filhos de pai que era cantor e compositor, eles seguiram os passos do talento herdado no sangue. O primeiro LP da dupla foi lançado em 1974, e desde então já produziram 38 trabalhos, entre LPs CDs e DVD.

Durante o bate-papo com Luiz Rocha, eles apresentam as músicas "Casando fugido" (Piraci/Antônio Pires de Toledo), "Carro de boi" (Donizete Santos/ Ronaldo Viola) e "Mineira de Uberaba" (Paiozinho/Zé Tapera).

Pardalzinho, nome artístico de Jair José Pessoa, formou ao lado de João Mariano, em 1965, uma das duplas sertanejas mais autênticas e expressivas do estado de Goiás. Agora ele forma a dupla Pardalzinho & Abeni.

No programa Brasil Caipira, os artistas interpretam as seguintes canções: "Ranchinho de palha" (Marrequinho/Campeão), "Saudade e nada mais" (Zé Silveira) e "Meu ranchinho" (Ubirajara Moreira).

Zelão & Raí são goianos, da cidade de Inhumas, região onde exercem o papel de guardiões da música caipira. Para a dupla, cantar os clássicos da música caipira tradicional de raiz significa estar ao lado de uma segunda família.

No repertório da dupla para a produção da TV Brasil, eles separaram as músicas "Despedida de solteiro" (Zé Carreiro/José Fortuna), "Meu carro é minha viola" (Carreirinho/Mozart Novaes) e "Duas cartas" (Zé Carreiro/Carreirinho).