Home Top Ad

Canal Brasil homenageia cineasta Oswaldo Massaini em seu centenário

Share:

Divulgação Canal Brasil
Oswaldo Massaini, um dos mais ativos produtores do cinema brasileiro entre as décadas de 1950 e 1970, completaria 100 anos em 3 de abril. Fundador da produtora Cinedistri, Massaini produziu mais de 60 títulos, entre eles “O Pagador de Promessas”, dirigido por Anselmo Duarte e, até hoje, o único filme latino-americano a ganhar a Palma de Ouro no Festival de Cannes.

Para celebrar seu centenário, o Canal Brasil preparou uma programação especial com cinco longas que marcaram a carreira do cineasta. Do dia 30 de março até 3 de abril, sempre às 16h, serão exibidos “Quem Roubou Meu Samba?”, Chico Fumaça, Beto Rockfeller, Independência ou Morte” e “Rio, Verão e Amor”.

Os filmes de Massaini são de relevância incontestável para a memória do cinema nacional e o Canal Brasil, um dos principais responsáveis por manter nossa história cinematográfica viva, contempla em sua grade clássicos como esses, exaltando a produção brasileira com títulos desde a década de 1950 até os mais recentes lançamentos da indústria audiovisual.

Homenagem a Oswaldo Massaini
Quem Roubou Meu Samba? (1958) (82’)
Horário: Segunda, 30 de março, às 16h

Sinopse: Popular compositor do morro, Atanásio multiplica seus negócios vendendo a mesma canção para várias gravadoras. A dona de uma das empresas, desconfiada do golpe, decide contratar o detetive Leovigildo.

Direção: José Carlos Burle
Classificação: Livre

Chico Fumaça (1958) (81’)
Horário: Terça, 31 de março, às 16h

Sinopse: Roceiro semianalfabeto, depois de passar a vida toda observando os trens e paquerando uma professora, evita descarrilamento de uma composição e vira herói nacional.

Direção: Victor Lima
Classificação: Livre

Beto Rockfeller (1971) (87’)
Horário: Quarta, dia 1º de abril, às 16h

Sinopse: O malandro Beto Rockfeller é um pobretão que usa sua enorme simpatia e falta de caráter para se fazer passar por magnata e viver entre a alta sociedade.

Direção: Olivier Perroy
Classificação: 10 anos

Independência ou Morte (1972) (108’)
Horário: Quinta, 2 de abril, às 16h

Sinopse: No início do século 19, com o regresso de D. João VI para Lisboa, permanece no país apenas D. Pedro de Alcântara, que assume o posto de Príncipe Regente. Liderados por José Bonifácio, os brasileiros resistem e começam a campanha da independência.

Direção: Carlos Coimbra
Classificação: Livre

Rio, Verão e Amor (1966) (120’)
Horário: Sexta, 3 de abril, às 16h

Sinopse: Tudo acontece de errado na vida de um industrial viúvo, quando este decide afastar-se da direção de sua próspera empresa e apaixona-se por uma jovem francesa capaz de deixa-lo totalmente louco.

Direção: Watson Macedo
Classificação: Livre