Home Top Ad

Série O Vigilante Rodoviário exibe caso sobre roubo de obras de arte nesta terça

Share:

Divulgação TV Brasil
A TV Brasil apresenta o episódio "Aventura em Ouro Preto" da série O Vigilante Rodoviário nesta terça (28), às 22h30. A trama aborda um caso em que o inspetor Carlos precisa desmascarar uma dupla de criminosos que roubam obras de arte na divisa de São Paulo com Minas Gerais.

Pioneira no audiovisual brasileiro, a produção dos anos 1960 é referência em conteúdo seriado no país. O lendário drama policial protagonizado pelo inspetor Carlos com seu fiel amigo, o cão Lobo, tem exibição com exclusividade na emissora pública às terças e sextas, às 22h30; e aos domingos, às 22h.

Esse capítulo da primeira série nacional de ficção em película para televisão começa com o furto de um quadro do pintor Candido Portinari que estava exposto na Igreja de São Francisco de Assis, popularmente conhecida como Igrejinha da Pampulha, em Belo Horizonte.

A polícia se movimenta para encontrar os responsáveis pelo sumiço da tela. Na divisa dos estados de São Paulo e Minas Gerais, Lola e seu marido Alfredo param o seu automóvel com um suposto problema mecânico na barreira onde o vigilante rodoviário Carlos e o cão Lobo estão com a viatura.

A polícia se movimenta para encontrar os responsáveis pelo sumiço da tela. Na divisa dos estados de São Paulo e Minas Gerais, o vigilante rodoviário Carlos e seu cão Lobo param a viatura para ajudar Lola e seu marido Alfredo que aparentemente estão com um problema mecânico em seu automóvel.

A dupla de farsantes tenta enganar Carlos. Para despistar o agente da lei e demais autoridades, a ladra e seu comparsa trocam de carro e voltam para Ouro Preto. Na histórica cidade, Lola se disfarçada de idosa para dar outro golpe e roubar uma escultura de Aleijadinho que pertencia a um colecionador.

O destemido inspetor Carlos parte em apoio à polícia mineira para resolver o mistério dessas apropriações indevidas ao reconhecer Lola no retrato falado da meliante feito por uma testemunha. O casal é perseguido pela polícia até o município mineiro de Congonhas onde, na frente da Igreja dos Profetas, Carlos domina e prende os criminosos com a ajuda do cão Lobo, seu escudeiro.

A vilã do episódio "Aventura em Ouro Preto" é interpretada por uma atriz que tem o mesmo nome da personagem Lola. A antagonista é vivida pela russa naturalizada brasileira Eleonora Beinarowicz cujo nome artístico era Lola Brah.