Home Top Ad

Trajetória de Elza Soares chega à tela do Curta! em documentário

Share:

Divulgação Curta!
A vida de Elza Soares, em muitos momentos, se entrelaça com a de muitas outras mulheres brasileiras, negras e pobres; mas a música a levou além. Hoje, beirando os 90 anos, é símbolo de força e de talento, e tem a trajetória retratada de forma pouco tradicional no documentário “My Name Is Now, Elza Soares”, a ser exibido no Curta!. 

No filme, dirigido por Elizabete Martins Campos, o espectador está diante de Elza Soares em toda sua complexidade através de performances e de depoimentos, uma mescla entre imagens de arquivos e outras gravadas especialmente para o longa. Uma mulher sensível, pequena e frágil, mas que também se renova como uma fênix, após sofrer os mais terríveis golpes da vida, como a perda de seus filhos. Também se vê um verdadeiro ícone da música brasileira de voz inconfundível, sempre se reinventando e se modernizando.

“My Name Is Now, Elza Soares”, uma produção da IT Filmes, foi vencedor do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro nas categorias: “melhor longa-metragem documentário”, concedido pelo júri popular; e “melhor trilha sonora original”, concedido pelo júri oficial da premiação. A exibição é na Segunda da Música, 20 de abril, às 22h05.

Episódio inédito de 'Matizes do Brasil' traz vida e obra de Ernesto Neto

Em episódio inédito da série “Matizes do Brasil”, o artista plástico Ernesto Neto revela as questões que perpassam às diferentes fases de sua trajetória. Sua obra, marcada por esculturas e instalações, o tornou um dos grandes nomes da arte contemporânea no Brasil e no restante do mundo. Passou a ser conhecido por aguçar os sentidos de quem está diante de suas obras, extrapolando os limites do meramente visual, sobretudo através de tecidos como material artístico. 

Dirigida por Bianca Lenti, “Matizes do Brasil” é uma série da Giros Filmes dividida em 14 episódios, viabilizada através do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) pelo canal Curta!. O episódio estreia na Terça das Artes, 21 de abril, às 23h30.