Home Top Ad

Quarteto Jambu mistura jazz, pop e ritmos brasileiros no Cena Instrumental

Share:

Divulgação TV Brasil
O Cena Instrumental que a TV Brasil exibe sexta-feira (15), à meia-noite, recebe o Quarteto Jambu. Formado em 2018 por Dudu Oliveira (flauta e sax), Juju Florindo (baixo), Pedro Franco (guitarra), Johnny Capler (bateria), o grupo leva ao programa um repertório autoral que mistura elementos de jazz, MPB, pop e da música de concerto, com influências que passam por Jamiroquai, Jacob do Bandolim, Fundo de Quintal, Stravinsky e John Coltrane.

O nome do grupo é parcialmente inspirado em uma erva comum no norte do Brasil, usada para culinária e com fins medicinais. "Todo mundo curte uma cachacinha de jambu", destaca Pedro Franco. E Julio Florindo acrescenta: "A ideia era termos um repertório, mas sermos uma 'jam session' também. E acabou havendo esse trocadilho, do 'jam' de 'jam session'. E ('jambu') é um nome brasileiro".

Jovens expoentes da música instrumental, os integrantes do Jambu têm seus trabalhos individuais reconhecidos por público, crítica e meio musical. A experiência que acumularam ao lado de ícones da MPB e em suas carreiras solo levou os artistas a um trabalho que permite explorar as próprias composições.

"Uma coisa no Jambu é a ligação que a gente tem para resolver as coisas", revela o baterista Johnny Capler. "A gente decide um arranjo e, engraçado, não tem um que fale 'não gostei'. Todo mundo gosta! É muito fácil. Com a gente, o negócio fica muito aberto e tranquilo", completa.

Entre as músicas que o Quarteto Jambu interpreta no programa estão "Johnny de baquetas" (Pedro Franco, Julio Florindo e Johnny Capler), "Baladim" (Pedro Franco), "Madrugada" (Julio Florindo), "Assanhado" (Jacob do Bandolim), "Partiu" (Dudu Oliveira), "Essa Fada" (Dudu Oliveira e Eduardo Neves), "Cidade Nova" (Dudu Oliveira) e "Jorge Very Nice" (Pedro Franco).