Home Top Ad

Acervo Musical resgata relação de pai e filho com personalidades neste sábado na TV Brasil

Share:

Divulgação TV Brasil
A edição inédita do Acervo Musical celebra a trilha sonora de pais que formaram famílias artísticas neste sábado (6), às 21h, na TV Brasil. A produção exibe performances de astros que influenciaram os filhos ao resgatar shows de Luiz Gonzaga, Martinho da Vila, João Nogueira, Arlindo Cruz, Moraes Moreira e Jair Rodrigues.

Esses artistas criaram um repertório composto por clássicos do cancioneiro nacional que são lembrados no papo dos apresentadores Bia Aparecida e Waldecir de Oliveira. Com trajetórias marcantes, esses artistas serviram de exemplo para os filhos. O programa pode ser conferido no aplicativo EBC Play.

O Acervo Musical seleciona composições que se popularizaram pelas ondas do rádio e na tevê a partir de pesquisa no conteúdo de acervo preservado pela TV Brasil, com registros da antiga TVE do Rio de Janeiro, e da discoteca das Rádios MEC e Nacional.

O encontro com a memória da música essa semana faz uma homenagem aos primeiros heróis e companheiros de aventura de muitas crianças: os pais. Nem toda relação pai-filho é maravilhosa, mesmo assim merece o devido respeito, como a de Luiz Gonzaga e seu filho Gonzaguinha. Após anos de tribulação, os dois se entenderam graças à música.

Esse entendimento entre os dois foi marcado pela gravação de uma composição de Gonzaguinha pelo pai, em 1964. Para celebrar esses dois monstros da música brasileira, o Acervo Musical resgata uma apresentação do Rei do Baião cantando "Saudade do Velho" no programa "Chão de Estrelas", da TVE/RJ, em 1983.

A relação do astro Diogo Nogueira com seu pai, o saudoso João Nogueira, tem destaque. A apresentação selecionada foi ao ar em 1999. A TV Brasil resgata o último show gravado por João Nogueira antes de sua morte em que entoa o sucesso "Poder da Criação", obra regravada por seu filho anos depois.

Hoje, Diogo Nogueira, apresentador do consagrado programa musical Samba na Gamboa, tem carreira consolidada na cena artística do país com grandes composições que o destacam como um dos principais nomes da nova geração do samba.

Martinho da Vila, entidade viva do samba, também comprova que o fruto não cai longe do pé. Por isso, o trecho que a emissora pública seleciona para esse episódio traz o bamba com parte de sua prole no projeto Seis e Meia, de 1988, em que soltam a voz na música "Recriando a Criação".

Curiosidades e boas lembranças de Moraes Moreira e Davi Moraes, da família de Jair Rodrigues e do sambista Arlindo Cruz com Arlindinho também estão nesta edição inédita do Acervo Musical que festeja os laços de sangue entre pai e filho embalados por canções inesquecíveis.


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.