Documentário inédito sobre episódio que chocou durante a ditadura militar, 'Operação Camanducaia' estreia em outubro no Curta!

Divulgação Acervo pessoal - Solange Fernandes
O ano era 1974. Cerca de 93 crianças e adolescentes acusados de pequenos delitos foram presos de maneira arbitrária pela polícia de São Paulo e levados, clandestinamente, para Minas Gerais. Perto da cidade de Camanducaia foram despidos, espancados e jogados em um barranco. Na manhã seguinte, apenas 41 deles apareceram na cidade. Nus, machucados e esfomeados, eles invadiram bares e restaurantes em busca de roupas e alimentos. O episódio que chocou a sociedade da época gerando, inclusive, conflitos diplomáticos - e que foi esquecido pela nossa memória coletiva - é recontado no documentário “Operação Camanducaia”, do diretor Tiago Toledo, que estreia dia 2 de outubro no Canal Curta!.

A produção buscou pelos envolvidos no caso, principalmente pelos sobreviventes, entrevistando mais de 40 pessoas e pesquisando em cerca de 1,5 mil páginas de documentos e jornais para reconstituir memórias, motivações e consequências da operação. Personagens do filme incluem o jornalista Paulo Markun, o padre Júlio Lancellotti e o ex-governador de São Paulo, Laudo Natel. Passeando pelos estilos road-movie, investigativo e filme de diálogo, o documentário é produzido pela Cambuí Produções com recursos do FSA.

Anderson Ramos

O Universo da TV é o site perfeito para quem quer ficar por dentro das últimas novidades da TV. Aqui, você encontra notícias sobre TV paga, programação de TV, plataformas de streaming e muito mais. É o único site que oferece uma cobertura completa da TV, para que você nunca perca nada. facebook instagram twitter youtube

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Formulário de contato