Home Top Ad

Documentário inédito sobre episódio que chocou durante a ditadura militar, 'Operação Camanducaia' estreia em outubro no Curta!

Share:

Divulgação Acervo pessoal - Solange Fernandes
O ano era 1974. Cerca de 93 crianças e adolescentes acusados de pequenos delitos foram presos de maneira arbitrária pela polícia de São Paulo e levados, clandestinamente, para Minas Gerais. Perto da cidade de Camanducaia foram despidos, espancados e jogados em um barranco. Na manhã seguinte, apenas 41 deles apareceram na cidade. Nus, machucados e esfomeados, eles invadiram bares e restaurantes em busca de roupas e alimentos. O episódio que chocou a sociedade da época gerando, inclusive, conflitos diplomáticos - e que foi esquecido pela nossa memória coletiva - é recontado no documentário “Operação Camanducaia”, do diretor Tiago Toledo, que estreia dia 2 de outubro no Canal Curta!.

A produção buscou pelos envolvidos no caso, principalmente pelos sobreviventes, entrevistando mais de 40 pessoas e pesquisando em cerca de 1,5 mil páginas de documentos e jornais para reconstituir memórias, motivações e consequências da operação. Personagens do filme incluem o jornalista Paulo Markun, o padre Júlio Lancellotti e o ex-governador de São Paulo, Laudo Natel. Passeando pelos estilos road-movie, investigativo e filme de diálogo, o documentário é produzido pela Cambuí Produções com recursos do FSA.



Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.