Home Top Ad

Netflix confirma o início das gravações da quinta e última temporada de La Casa de Papel

Share:

Divulgação Netflix
Nesta sexta-feira, dia 31, a Netflix anunciou o início das filmagens da quinta e última parte de La Casa de Papel, na qual o assalto chega ao fim. A série é criada por Álex Pina e produzida pela Vancouver Media para a Netflix. As gravações ocorrem na Dinamarca, em Portugal e na Espanha.

A Parte 5 consiste em 10 episódios e inicia sua produção na semana do dia 03 de agosto. 

O criador e produtor executivo Álex Pina comentou: ''Passamos quase um ano pensando em como destruir a banda, encurralar o professor e chegar a situações irreversíveis para muitos personagens. O resultado é a quinta temporada de La Casa de Papel. A guerra atinge suas alturas mais extremas e selvagens, mas também é a temporada mais épica e emocionante.''

A série é estrelada por Úrsula Coberó (Tóquio), Álvaro Morte (El Profesor), Itziar Ituño (Lisboa), Pedro Alonso (Berlim), Miguel Herrán (Rio), Jaime Lorente (Denver), Esther Acebo (Monica/Estocolmo), Enrique Arce (Arturo), Darko Peric (Helsinki), Hovik Keuchkerian (Bogotá), Luka Peros (Marsella), Belén Cuesta (Manila), Fernando Cayo (Coronel Tamayo), Rodrigo de la Serna (Palermo), Najwa Nimri (Inspetora Sierra), e José Manuel Poga (Gandía) e muitos outros atores. 

Miguel Ángel Silvestre e Patrick Criado
Miguel Ángel Silvestre e Patrick Criado - Divulgação Netflix
Miguel Ángel Silvestre (Sky Rojo, Sense 8) e Patrick Criado (indicado ao Prêmio Goya por A Grande Família Espanhola, O Sucessor) são confirmados para o elenco.

Jesús Colmenar atuará como Produtor Executivo e Álex Pina como Produtor Executivo e Showrunner. Cristina López Ferraz retorna como Diretora de Produção e Produtora Executiva. Javier Gómez Santander (Roteirista), Migue Amodeo (Diretor de Fotografia) e Esther Martínez-Lobato também estão na co-produção. La Casa de Papel Parte 5 será dirigida por Jesús Colmenar, Koldo Serra e Álex Rodrigo. 


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.