Home Top Ad

Animal Planet estreia a nova série ''Lei da Sobrevivência''

Share:

Divulgação Animal Planet
Na natureza selvagem, viver é sobreviver. Animais empreendem batalhas diárias, driblando as ameaças de seus habitats e de seus predadores com a ajuda de características anatômicas, fisiológicas e comportamentais que fazem a diferença entre vida e morte.

LEI DA SOBREVIVÊNCIA (Wildest Survival), nova série do Animal Planet, vai ao ar a partir de terça-feira, 25 de agosto, às 20h35 e destaca, através de imagens captadas com a mais avançada tecnologia, os comportamentos, habilidades e adaptações anatômicas que diversas espécies desenvolveram ao longo do complexo processo evolutivo.

Cada um dos episódios que compõem a série apresenta sequências repletas de ação e emoção enquanto acompanha a luta pela sobrevivência na natureza: nela estão inscritas as buscas obstinadas por alimento, por parceiros, pela proteção dos filhotes e até por vingança.

O ataque feroz do predador e as artimanhas de camuflagem das presas; a visão aguçada das aves e a união de forças dos bandos e cardumes; as armaduras de insetos e o veneno mortal de animais pequeninos: dos ares às profundezas dos mares, a série revela os caprichos, dramas e vitórias do ciclo da vida em habitats selvagens.

Divulgação Animal Planet
As câmeras viajam a diversas partes do planeta em busca de demonstrações fascinantes do poder de adaptação dos animais: da capacidade de comunicação com códigos próprios e sofisticados, a atributos que determinam a seleção do parceiro ideal nos rituais de acasalamento e grandes eventos migratórios que reúnem diversas espécies.

No episódio de estreia, o inevitável instinto de matar para viver está em foco. No litoral, pinguins procuram por anchovas e focas abatem pinguins enquanto se esquivam de baleias orcas – tudo ao mesmo tempo. Essa é a sina dos predadores: caçar enquanto se expõem como caça. No Quênia, os leões são os únicos grandes felinos a caçar em grupo: as leoas aproveitam a estação seca para encurralar empalas à beira de uma das poucas fontes de água.

Ainda na estreia, as câmeras mostram como o lento camaleão utiliza sua língua gigantesca e seus olhos, que conseguem agir independentemente um do outro, para surpreender suas presas com agilidade; e a aranha que cria escotilhas no solo e se esconde para dar o bote infalível.


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.