Home Top Ad

Claro tenta recuperar sua base de assinantes de TV paga oferecendo o que eles mais gostam

Share:

Reprodução
De acordo com o site Natelinha, o Grupo Claro que vem perdendo milhares de assinantes em sua base de TV por Assinatura desde 2019 e ainda segue perdendo em 2020, principalmente depois que a explosão do novo coronavírus (Covid-19) assombrou o país, deixando milhares de desempregados. 

Na tentativa de recuperar a sua base de assinantes, as centrais de telemarketing estão ligando para os assinantes oferecendo 20% de desconto por 1 ano com fidelidade e multa por rescisão e reajuste subsequente de R$ 15. 

A queda em sua base de assinantes de TV por Assinatura fez com que a Claro perdesse sozinha 834 mil assinantes em 2019, fechando o ano com 7,76 milhões, mas ainda abocanhando a maior fatia de clientes. De acordo com dados da Anatel, a operadora perdeu mais 74 mil assinantes em janeiro, 60 mil em fevereiro, 58,5 mil em março, 50,8 mil em abril, 51 mil em maio e outros 45,8 mil no mês de junho, encerrando o semestre com uma perda acumulada de 340,1 mil na base de assinantes.

Divulgação Natelinha
A Claro/Net, ainda, foi a única em 2020 não ter tido acréscimo em sua base de assinantes em nenhum mês, conforme mostra a tabela abaixo, mês a mês.

Segundo um operador de telemarketing da Net/Claro ouvido pelo site NaTelinha, há pressão para segurar antigos clientes, com descontos de pelo menos 15% nas mensalidades, podendo chegar facilmente a 20% em pacotes mais robustos, como aqueles que possuem gravadores de programação e canais premium.

Ao concordar com o desconto ofertado por um ano, no entanto, você concorda em não cancelar a Net/Claro por este período. Caso o faça, uma multa rescisória por volta de R$ 350 é cobrada.

O site ainda tentou entrar em contato com a operadora em busca de um posicionamento, mas não obteve um retorno até o fechamento dessa matéria. 


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.