Home Top Ad

Hebe antes da fama e início da carreira de cantora, no segundo episódio da série

Share:

Divulgação Globo/Fábio Rocha
Hebe Camargo era uma mulher carismática, cheia de joias e brilho, sempre sob os holofotes. Mas, antes de chegar ao estrelato, ela passou por muitas dificuldades. O segundo episódio da série 'Hebe', que vai ao ar nesta quinta-feira, vai mostrar que o desemprego, por exemplo, é um drama que preocupou Hebe em dois momentos de sua vida: em 1985, no período em que ficou afastada da TV, e na década de 1940, quando acaba virando cantora de uma boate.
Mas ela não desiste de seus sonhos. Essa força, em grande parte, vem do apoio que ela recebe do pai, Fêgo (Ângelo Antônio). "A relação dela com o pai era uma coisa muito linda. Quando eu peguei a série pra ler, de cara foi a coisa que mais me emocionou, a cumplicidade dos dois", comenta a atriz Valentina Herszage, que interpreta a apresentadora em sua fase jovem.
Ainda no segundo episódio, quando começa a ser reconhecida por seu talento, Hebe tem a oportunidade assistir a uma apresentação da cantora francesa Edith Piaf (Laila Garin) e chega a ser apresentada a ela. "Eu já sou apaixonada por Piaf e tenho o projeto de vivê-la nos palcos, para reverenciar minha origem francesa. Adorei o convite para fazer esta participação na série. Adoro me transformar! Piaf conheceu Hebe numa visita ao Brasil e reproduzimos também esse encontro", conta Laila Garin, que canta "La vie en rose" em cena.
'Hebe' vai ao ar às quintas-feiras, após 'Fina Estampa'. Original Globoplay, desenvolvida pelos Estúdios Globo, a série é criada e escrita por Carolina Kotscho, tem direção artística de Maurício Farias e direção de Maria Clara Abreu.


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.