Home Top Ad

Novo documentário sobre Angel Vianna estreia no Curta!

Share:

Divulgação Curta!
Angel Vianna, pioneira da dança contemporânea brasileira, coreógrafa, teórica, educadora e militante da consciência corporal, revisita sua própria trajetória no documentário “Movimentos do Invisível”, primeiro longa das diretoras Flavia Guayer e Leticia Monte, que tem estreia na TV marcada no canal Curta!.

As diretoras acompanharam a rotina de Angel, atualmente com 92 anos de idade, e desenvolveram as cenas a partir do registro das chamadas “Aulas do Papel”, oficinas realizadas com pessoas de idades, gêneros e profissões diversas. As aulas fizeram parte da programação de dois festivais de artes cênicas cariocas: Panorama e Tempo Festival – Dança Gamboa. Revelam-se ali a insaciável curiosidade da artista pelo corpo e a sua urgência em transmitir seu conhecimento neste significativo momento da carreira e da vida.

"Por que fiquei tão encantada com o corpo?", pergunta Angel, durante o longa. Em seguida, ela mesma responde: "Porque é meu instrumento de viver". Ela, que influenciou o pensamento sobre o corpo não apenas na dança, como também nas artes cênicas em geral, coleciona prêmios como a Comenda da Ordem ao Mérito Cultural e, recentemente, o Título de Cidadã Honorária Carioca.  Sua história, no entanto, ainda não é conhecida por boa parte dos brasileiros, que agora têm a chance de saber um pouco mais sobre essa verdadeira “militante do corpo”.

“Movimentos do Invisível” é uma produção da Espiral, viabilizada pelo canal Curta! através do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA). A estreia é na Terça das Artes, 18/08, às 22h30.

Arnaldo Antunes revisita carreira musical e literária em documentário

A obra de Arnaldo Antunes é marcada pela pluralidade. O ex-Titã, hoje, é dono de uma produção que ultrapassou os hits de uma banda de rock, tornando-se um compositor em gêneros musicais diversos e firmando-se também como poeta.  Essa trajetória entre melodias e palavras é investigada no documentário autobiográfico “Com a Palavra, Arnaldo Antunes”.

Com direção de Marcelo Machado (também diretor de “Tropicália”/2012), o filme relembra os primórdios da carreira de Arnaldo, quando dividia os vocais e as composições da banda Titãs. Também fala de seus trabalhos paralelos na literatura e em álbuns solos, além de sua participação no trio “Tribalistas”, após se desligar dos Titãs. “Com a Palavra, Arnaldo Antunes” foi viabilizado pelo Curta! através do Fundo Setorial do Audiovisual. A exibição é na Segunda da Música, 17/08, às 22h30.


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.