Home Top Ad

Série documental Vale de Água e Fogo estreia na TV Brasil nesta sexta

Share:

Divulgação TV Brasil
A TV Brasil estreia a produção documental Vale de Água e Fogo que revela as intensas mudanças sazonais na região do Rio Luangwa, na Zâmbia, com edições semanais a partir desta sexta (14), às 20h30. Em três episódios de 50 minutos, a série explica as transformações desse rico ecossistema do continente africano.

A obra da emissora canadense Love Nature mostra como as fortes chuvas convertem o Vale do Rio Luangwa de um canal raso em uma majestosa via fluvial. No local, a grama cresce e os córregos se enchem com uma seleção abundante de criaturas que fornecem alimento para muitos animais.

É nesse ambiente paradisíaco que diversas espécies típicas da fauna e flora se desenvolvem na África. Em imagens aéreas espetaculares e captações que registram a rotina dos animais, o seriado destaca que essas condições apresentam curta duração.

A série documental Vale de Água e Fogo acompanha os desafios que uma seca implacável e debilitante que dura a maior parte do ano. Esse período enfraquece toda a vida na região exceto a dos predadores que aproveitam as oportunidades dessa queda generalizada.

Com reexibição aos sábados, às 14h, na telinha da TV Brasil, a produção foi gravada em uma das áreas selvagens mais remotas do continente africano em várias épocas diferentes. A proposta é acompanhar as estações secas e quentes bem como as úmidas e frutíferas que transformam o pantanoso Vale do Rio Luangwa em um deserto semiárido.

Episódio de estreia

No primeiro programa, intitulado "Temporada Esmeralda", as chuvas do final de novembro caem sobre o Vale do Rio Luangwa para encerrar a estação de seca, uma das mais brutais da região, e iniciar o processo de transição que transforma o espaço em um pântano exuberante.

O período chuvoso é breve, mas entre novembro e março as tempestades não são estranhas à realidade do local. As mudanças que ocorrem nessa época são algumas das mais drásticas enfrentadas pelos seres que vivem na África.

Se por um lado as planícies que secaram germinam brotos verdes frescos, os bosques ressecados ficam repletos de folhagens. A nova temporada traz um mundo totalmente novo. Assim, o Rio Luangwa que havia diminuído o fluxo em uma correnteza lenta, reabastece para se tornar um poderoso espetáculo sinuoso.

Séries ambientais brasileiras e do exterior 

A faixa nobre da programação da TV Brasil apresenta diversas obras documentais com foco na questão ambiental. A série nacional Parques do Brasil está em sua segunda temporada aos domingos, às 19h, e disponível no aplicativo EBC Play.

O seriado que destaca diversos parques nacionais é resultado de uma parceria da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), que gere a TV Brasil, com a Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz) e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

Outra atração é a série nacional Brasil Visto de Cima que mostra as belezas naturais do país em janela diária de segunda a sexta, às 20h, com a exibição dos 135 episódios das cinco temporadas inéditas em sinal aberto. 

De segunda a sexta, às 20h30, a emissora pública apresenta produções internacionais com foco no meio ambiente. O País do Grande Felino é a atração das segundas, com seis episódios semanais de 50 minutos. As séries Animais Bebês e Criaturas Estranhas são o destaque das terças, às 20h30 e às 21h, respectivamente, com sete e 13 programas de 30 minutos cada.

O seriado A Praia Viva vai ao ar às quartas, às 20h30, com cinco episódios de 50 minutos sobre as costas com o litoral mais impressionante do mundo. Já às quintas, no mesmo horário, a TV Brasil exibea produção Terra, o Poder do Planeta, obra audiovisual científica sobre as forças da natureza, com cinco edições.


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.