'Globo Repórter' celebra os 70 anos da TV no Brasil com dois especiais inéditos

Divulgação Globo/ Sandra Annemberg
Depois de 18 de setembro de 1950, quando a primeira transmissão televisiva entrou no ar no Brasil, nada mais foi como antes. Jornalismo de grande alcance, fundamental na formação de uma identidade nacional com diversidades regionais. A emoção e a superação que se traduzem nas transmissões esportivas. A influência da música, dos festivais dos anos 60 até os atuais Rock in Rio e The Voice. A televisão virou paixão nacional. Exatamente 70 anos após a estreia, nesta sexta-feira, dia 18, o 'Globo Repórter' celebra a data com o primeiro de dois programas inéditos e especiais – o segundo vai ao ar no dia 25. Além de apresentar, Glória Maria e Sandra Annemberg se unem a Edney Silvestre, Isabela Assumpção e Renato Machado para entrevistar atores, personalidades e apresentadores que ajudaram a fazer a história dessas sete décadas. 
“Vamos mostrar imagens raras, pouco conhecidas do público. As pessoas vão conhecer melhor a TV, saber como ela foi feita e os seus bastidores. No início, a televisão era toda ao vivo. As novelas, os programas e até os comerciais”, conta Glória Maria. Para Sandra Annemberg, a chegada da televisão ao Brasil abriu uma janela para o mundo: “As distâncias encurtaram e o brasileiro teve acesso a tudo o que acontecia lá fora. Nenhuma outra forma de comunicação foi mais eficiente para mostrar o Brasil para os brasileiros. Graças à TV, passamos a nos conhecer melhor e descobrimos a nossa cultura e diversidade”.
No primeiro programa mostra como tudo começou e ouve relatos de lembranças do primeiro contato com a caixa mágica de sons e imagens. O ator Lima Duarte, que participou da primeira transmissão, e Sonia Maria Dorce, primeira criança a aparecer na tela, compartilham suas experiências. Lima estava no estúdio da Tupi na inauguração e brinca com as versões diferentes da mesma história que já contou ao longo desses 70 anos. Já Sonia, conhecida como Indiazinha, lembra porque Assis Chateaubriand teve a ideia de colocar um cocar em sua cabeça. 
Atores e autores contam a história e a evolução das novelas, que retrataram o cotidiano e os sonhos de milhares de brasileiros, em tramas que entraram para a história e pararam o país. Silvio de Abreu, Gloria Perez, Boni, Jayme Monjardim, Renata Sorrah, Taís Araújo, Lázaro Ramos, Zezé Motta e Eva Wilma estão entre os entrevistados. “Se você pegar uma novela antiga, de 20 anos atrás, vai saber como era o Brasil na época. Como as pessoas se vestiam, como falavam, qual era o assunto principal do momento. Está tudo ali”, resume Silvio de Abreu.
Os acontecimentos mais marcantes dos últimos 70 anos também estiveram presentes na tela, graças à criação de um jornal de rede. Da chegada do homem à Lua à recente explosão em Beirute, o programa lembra a força do jornalismo da televisão. As inovações na propaganda, comercias inesquecíveis e a TV do futuro, com a chegada do streaming, também estão na pauta. Um programa de registros históricos e emocionantes..
O primeiro ‘Globo Repórter’ inédito e especial sobre os 70 anos da televisão no Brasil vai ao ar na sexta-feira, dia 18, logo após a novela ‘Fina  Estampa’.

Anderson Ramos

O Universo da TV é o site perfeito para quem quer ficar por dentro das últimas novidades da TV. Aqui, você encontra notícias sobre TV paga, programação de TV, plataformas de streaming e muito mais. É o único site que oferece uma cobertura completa da TV, para que você nunca perca nada. facebook instagram twitter youtube

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Formulário de contato