Home Top Ad

Joana Mariani fala de documentário sobre Sidney Magal no Sem Censura

Share:

Divulgação TV Brasil

O Sem Censura que a TV Brasil leva ao ar nesta segunda (28), ao vivo, às 14h, tem um bate-papo com a cineasta Joana Mariani, que acaba de estrear o documentário "Me chama que eu vou" na Mostra Competitiva da 48ª edição do Festival de Cinema de Gramado. A obra resgata a trajetória do cantor Sidney Magal desde a infância, as mais de cinco décadas de carreira do artista e sua vida em família.

Joana Mariani nasceu na cidade de Londres, no Reino Unido, mas foi criada no Rio de Janeiro. Atuou inicialmente como redatora publicitária e enveredou para o segmento audiovisual como assistente de direção do diretor publicitário Pedro Becker.

Seu primeiro importante trabalho no cinema foi como produtora da premiada comédia dramática "O Cheiro do Ralo" (2006), de Heitor Dhalia. A partir daí, estabeleceu uma sólida carreira como produtora cinematográfica. 

Ainda no programa de segunda, o apresentador Bruno Barros conversa por Skype com a médica Maria Cláudia Soares, presidente da Associação Brasileira do Sono no Pará. Na entrevista, ela explica o que é o 'coronasomnia', insônia oriunda de problemas psicológicos causados pela pandemia do coronavírus. 

Professora da Faculdade Metropolitana da Amazônia e da Universidade Federal do Pará, no módulo Habilidades Médicas, Maria Cláudia atua como especialista de distúrbios do sono, rinologia e apneia do sono. 


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.