Home Top Ad

Netflix tem 17 milhões de assinantes e ultrapassa o serviço de TV paga no Brasil

Share:

Reprodução
Segunda uma pesquisa realizada pela Bernstein Research, responsável por fazer estudos dirigidos a investidores em Bolsa de Valores, nos Estados Unidos, revelou que o número de assinantes da Netflix no Brasil já ultrapassa os das empresas de TV paga.

Segundo dados obtidos pelo instituto, o popular serviço de streaming já ultrapassou o número de 17 milhões de assinantes no Brasil. O país hoje seria o segundo maior mercado da empresa fora dos Estados Unidos.

''A Netflix está ganhando no Brasil porque oferece um produto superior por um quarto do preço da TV paga'', escreveram os analistas.

A Bernstein avalia que a crise econômica e o aumento do desemprego no país colaboraram para o aumento dos cancelamentos de pacotes de TV por assinatura.

A Netflix, por outro lado, continua crescendo, mesmo com a pandemia. No segundo trimestre deste ano, o serviço de streaming informou que registrou mais assinantes pagos do que o esperado, em meio ao isolamento social.

Foram 10,1 milhões de novos assinantes de maio a junho no mundo, número superior aos 2,7 milhões alcançados no mesmo período de 2019,  e acima dos 7,5 milhões que a companhia projetava.

A demanda por serviços de streaming subiu nos últimos meses, contrariando a previsão de alguns analistas de que assinaturas estariam entre os primeiros itens a serem cortados em meio a uma onda de demissões e temores de recessão econômica.

Estima-se que há cerca de 15 milhões de clientes de TV por assinatura, de acordo com informações oficiais da Anatel. A Netflix, por sua vez, informou que não costuma divulgar os números dos seus usuários, mas, em setembro do ano passado, reconheceu que tinha mais de 10 milhões de assinantes no Brasil.

Já em dezembro, o serviço mostrou que na distribuição geográfica dos seus 158 milhões de assinantes, 67,1 milhões estavam entre EUA e Canadá, 47,3 milhões entre Europa, Oriente Médio e África, 29,3 milhões na América Latina e 14,4 milhões, na Ásia.

O mercado da TV paga apresenta queda desde que chegou ao maior recorde, em 2014, quando as operadoras juntas contavam com cerca de 19,7 milhões de usuários.

A pesquisa aponta que o crescimento da Netflix no Brasil se explica a partir de três principais motivos. Primeiro pela empresa ter sido pioneira ao lançar o serviço de streaming no país, em setembro de 2011. Segundo, pelo preço, já que o consumidor brasileiro se mostra disposto a pagar por este tipo de serviço. E terceiro: o brasileiro aprecia a programação em inglês oferecida; os títulos na língua estrangeira costumam ser mais acessados que os nacionais disponíveis. *Com informações de RD1.


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.